sexta-feira, abril 17, 2009

FCPorto termina época sem El Comandante


Pior que a eliminação, que acaba por ser natural face ao poderio e aos pergaminhos do adversário, foi sem dúvida a lesão de "El Comandante" Lucho Gonzalez. Uma baixa de vulto dado o peso específico do argentino na equipa do FCPorto, tanto em termos técnico-tácticos como de liderança.

Com prazo de recuperação de 4 a 5 semanas, o mais lógico será recuperar Lucho para a próxima época (se não sair no defeso mas os candidatos a tal são tantos, sobretudo depois das exibições na Champions...) e não arriscar a sua utilização em 2008/2009.

Assim, é altura de encontrar uma solução para colmatar a ausência de Lucho na equipa titular sendo que o mais lógico será a entrada de Mariano, Tomás Costa ou ainda de Guarín para essa posição.

Mariano perfila-se como solução mais lógica. Está em crescendo de forma e tem mais capacidade para levar a bola para zonas de ataque e de dar dinamismo à manobra da equipa, embora tenha a tendência de alternar boas jogadas com outras perfeitamente inofensivas ou contra-producentes.

Tomás Costa é um jogador mais posicional que ajuda a construir um meio campo mais pressionante mas prende mais o jogo da equipa pois é menos eficaz no envolvimento no jogo atacante.

Quanto a Guarín dá alguma força ao meio campo e nota-se que tem excelente técnica mas erra ainda muitos passes. Também vem agora de uma lesão, facto que lhe causará algum "peso nas pernas" e deverá ser preterido em favor de Mariano ou Tomás Costa.

A minha escolha no momento recai em Mariano, com Guarín à espreita de um lugar. Tomás Costa é um jogador mais útil quando o FCPorto precisar de dar consistência defensiva ao meio campo.


Convocados para o jogo de Coimbra

O regresso de Lisandro e de Pedro Emanuel às convocatórias para a Liga Sagres é sem dúvida a grande novidade. Lisandro já cumpriu o castigo de 2 jogos que lhe foi aplicado pela Liga enquanto que o capitão recuperou de uma lesão e já está apto a jogar.

O jogo vai ser contra um adversário que apesar da posição que ocupa na tabela, mostra sempre ser uma equipa bem arrumada e que causa muitos problemas aos adversários. Aliás, o próprio histórico recente do FCPorto em jogos contra a Briosa mostram bem isso pelas vitórias conseguidas sempre à tangente: 1-0; 2-1; 1-0.

Será preciso muita concentração e um FCPorto trabalhador para levar de vencida da Académica. O jogo é às 18h00 de hoje e terá transmissão em directo na Sport TV1.

Gr: Helton, Nuno
D: Bruno Alves, Cissokho, Pedro Emanuel, Sapunaru, Stepanov, Rolando
M: Andrés Madrid, Fernando, Guarín, Mariano, Raul Meireles e Tomás Costa.
A: Rodríguez, Tarik Sektioui, Farías, Hulk, Lisandro

2 comentários:

dragao vila pouca disse...

Por cada Dragão que cai, logo outro se levanta e toma o seu lugar.
Logo em Coimbra, onde vou estar presente - Vais, Caetano? -, as dificuldades são muitas e por todas as razões conhecidas, mas o Dragão aconchegado no apoio da sua enorme massa adepta, vai corresponder e sair vitorioso, rumo ao Tetra.

Um abraço

Caetano disse...

Saudações camarada Vila Pouca!

Este ano infelizmente, ao contrário do que tinha previsto, não vou poder estar em Coimbra. Vou ter uma semana "puxadita" e o dia de hoje vai ser dedicado ao trabalho.

No ano passado estive lá e para lá do resultado que, curiosamente, foi definido por um penalty do Lucho, lembro-me de uma Académica muito "chata" e de uma exibição algo desastrada do Tarik, muitos nervos do Stepanov, e um Helder Barbosa que entrou para dar cabo do juízo aos defesas do FCPorto.

Que tudo corra bem! Vamos a eles!