segunda-feira, junho 30, 2008

Pinto da Costa não vai a julgamento

O Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto decidiu não levar a julgamento o presidente dos «azuis-e-brancos» Pinto da Costa, no processo «Apito Dourado» relativo ao jogo com o Estrela da Amadora da época 2003/04, conhecido como Caso da Fruta

O juiz de instrução Artur Ribeiro ordenou que seja enviada ao DIAP (Departamento de Investigação e Acção Penal) certidão das declarações prestadas, em sede de instrução, por Carolina Salgado, com vista a eventual procedimento criminal por testemunho agravado falso. A antiga companheira do presidente do FC Porto arrisca pena de prisão de cinco anos.


O processo agora arquivado dizia respeito ao jogo entre o FC Porto e o Estrela da Amadora, arbitrado por Jacinto Paixão, que levou o Ministério Público a alegar que teriam sido fornecidas prostitutas à equipa de arbitragem, bem como que lhe teria sido propiciado um jantar como contrapartida pelo favorecimento no encontro da época 2003/04.

Os restantes arguidos no Caso da Fruta, Reinaldo Teles, administrador da SAD portista, António Araújo, empresário, e os árbitros Jacinto Paixão, Manuel Quadrado e José Chilrito não foram igualmente pronunciados pelo juiz de instrução.

Recorde-se que o caso tinha sido arquivado e posteriormente reaberto pela equipa liderada por Maria José Morgado, que vê agora o acórdão do TIC do Porto considerar que as escutas telefónicas não poderiam ser usadas tratando-se de tentativa de corrupção.

domingo, junho 29, 2008

OLÉ!!

Auf Wiedersehen!

sábado, junho 28, 2008

Negociações bélicas

Depois de analisarmos cuidadosamente as capas de um importante diário desportivo da nossa praça, temos de colocar as seguintes interrogações: Afinal, quem está a negociar? Rui Costa ou Rambo... ou será o Balboa? Será que não temem os danos colaterais? Aimar e Miccoli a.k.a. "O Bombardeiro" vão conseguir chegar a Lisboa? Ou melhor, será que alguém vai sobreviver às negociações??

PS - Gosto particularmente da frase "Rui Costa em Saragoça por Aimar... e Ayala pode vir no pacote"... Curiosa escolha de palavras. Esperem até o Saragoça dar por falta do Ayala!




Hóquei: FCPorto na final

O FCPorto apurou-se hoje para a final da Taça de Portugal de Hóquei em Patins ao bater em Alenquer o Óquei de Barcelos por 5-4, após prolongamento.

O FCPorto acusou um pouco de excesso de confiança e isso agravou-se a partir do momento em que marcou o primeiro golo. O Óquei de Barcelos reagiu e, ainda antes do intervalo, conseguiu empatar de novo o jogo, suportando depois o "sufoco" a que foi sujeito.

Na segunda parte, a equipa minhota entrou bem e chegou a estar a ganhar por 3-1. A partir daí o Heptacampeão puxou dos galões e deu a volta ao marcador nos últimos 5 minutos. Contudo, o Óquei de Barcelos, num último arremedo, conseguiu ainda chegar à igualdade.

No prolongamento, o FCPorto foi mais feliz ao marcar através de Pedro Moreira, valendo a regra do "golo de ouro".

A final será amanhã, contra o HC Braga, às 17h e terá honras de transmissão em directo na RTP2.

Hóquei: Final Four da Taça de Portugal


Tem lugar este fim-de-semana a Final Four da Taça de Portugal em Hóquei em Patins na qual o FCPorto é favorito e irá procurar alcançar a dobradinha depois de, no último fim-de-semana, ter ido à Luz festejar o Heptacampeonato.

As duas meias finais terão lugar hoje e colocarão frente a frente FCPorto x Óquei de Barcelos (17h, em directo na RTP2), naquela que pode ser considerada a final antecipada, e Alenquer x HC Braga (19h). Os vencedores disputarão amanhã a final a partir das 17h, com transmissão em directo na RTP2.

O defeso, o período do ano favorito do Benfica

"Há sempre um ópio para os benfiquistas. Em tempos, esse ópio foi a prosperidade prometida pelo, agora indesejado, Vale e Azevedo. Depois, veio o sebastianismo de Vilarinho e a célebre promessa chamada Mário Jardel, que, curiosamente, deu, no ano seguinte, a dobradinha ao meu Sporting. Até à última época, o ópio que Vieira serviu aos seus discípulos traduziu-se numa ideia de tornar o Benfica num colosso europeu. Essa promessa também não foi cumprida e o Benfica nunca, nem a nível nacional, se conseguiu impor. Hoje, o ópio chama-se Rui Costa."

A ler na íntegra no Tenho Dito.

sexta-feira, junho 27, 2008

* Bocejo *

"O jovem André Carvalhas assinou o primeiro contrato profissional com o Benfica, válido até ao ano de 2011. O jogador vai continuar ao serviço do emblema da Luz, tendo revelado ao site Maisfutebol que foi abordado pelo FC Porto. “Houve um telefonema, mas não vale a pena falar disso”, garantiu. "

Mais uma grande vitória do Benfica!! Já vai em 3-1 sobre o FCPorto em matéria de assegurar jogadores que os portistas queriam!

Só posso dizer isto: ROTFL!

Quaresma: FCPorto pede 30 milhões + Pelé

A imprensa avança hoje com notícias de que estará no Porto uma delegação do Inter de Milão para negociar o "passe" de Ricardo Quaresma. O FCPorto que, para já, não abre mão dos 40 milhões, terá apresentado uma proposta alternativa: 30 milhões e ainda o jovem jogador português Pelé.

Seria com certeza o negócio do ano com o FCPorto a resolver de uma vez por todas a questão do problemático Ricardo Quaresma, que já manifestou a sua intenção de sair, recheando os seus cofres com uma verba considerável e assegurando ainda um dos mais promissores jovens jogadores portugueses, que actua na posição de médio defensivo.

A confirmar-se a transferência de Quaresma perfilam-se 2 candidatos para a alternativa a Rodriguez na esquerda: Alan, um dos responsáveis pela grande campanha do Vitória de Guimarães na época passada, e Hélder Barbosa um valor em crescendo da escola portista. Que tal começarmos a apostar decididamente em jovens portugueses Sr Jesualdo? Vendam o Alan ao Belenenses ou ao Benfica, que aí seria titular de caras.


Continua o ridículo

Continuando na sua campanha de masoquismo crónico e de correr atrás do FCPorto, o Benfica terá interposto um recurso no Tribunal Arbitrário de Desporto para suspender o sorteio da Liga dos Campeões. Continua o choradinho... Senhores, joguem à bola!!! De preferência com os mega reforços do Real Madrid C e do poderoso Recreativo Huelva. Ah! E com o Pablo Aimar claro!

Continua o ridículo II

Prosseguindo a sua campanha de recuperação do ânimo lampião, que ficou ferido de morte pela transferência de Rodriguez há uma semana atrás, a imprensa "especializada" avançou ontem a notícia (em conveniente rodapé)
que o FCPorto teria tentado desviar Balboa para o Dragão. Por este andar, e como diz o meu camarada Wolverine, ainda bem que o Rui Costa se reformou senão, um dia destes, também iria vestir de azul e branco. Se o FCPorto quisesse desviar desviava mesmo, já que, nesta altura, em termos negociais, o FCPorto é um destino muito mais apetecível e tem um orçamento superior ao do 4º classificado da competitiva Liga Portuguesa.

Hóquei em Patins

O FCPorto prolongou o contrato de todo o plantel da equipa de hóquei em patins, assim como da equipa técnica, por mais 2 anos. Uma iniciativa que se aplaude dada a superior qualidade da equipa em termos internos. Adivinha-se o 8º título de campeão até porque, noutras paragens, sopram ventos de crise... Creio no entanto que se deveria reforçar o sector atacante da equipa com um jogador de categoria mundial para atacar o título europeu. Há meios para tal mas ainda "falta um bocadinho assim".

quinta-feira, junho 26, 2008

Ibson no FCPorto ou no Flamengo?

Ibson termina o seu período de empréstimo ao Flamengo, no final deste mês, sendo o seu futuro uma incógnita. Da parte do Flamengo há um grande interesse na continuidade do jogador, que tem sido peça fulcral na equipa.

Pessoalmente, acho que Ibson tem lugar no plantel do FCPorto dada a sua qualidade técnica e, embora não se encaixe no jogo de transições rápidas que Jesualdo implementou no FCPorto, oferece uma solução diferente à equipa. É um jogador que consegue desiquilibrar em termos individuais para além de ser uma solução importante quando o FCPorto precisar de segurar mais o jogo, retendo a bola.

É essa a questão que lanço, na sondagem ao lado, aos nossos leitores: Ibson deve ou não integrar o plantel do FCPorto na próxima época? A bola é vossa!

Falhas individuais e selecção desconcentrada eliminaram Portugal

Foi essa a opinião da maioria dos votantes (23% cada). Contudo, os leitores do Zé do Boné reconhecem que a Alemanha soube ser superior em campo a Portugal (19%).

Também com peso na derrota esteve a má análise prévia dos alemães feita pela Selecção Nacional (16%) que, em campo voltaram a cometer erros antigos, não anulando os pontos fortes do adversário.

A táctica escolhida para o jogo (10%) e uma convocatória desequilibrada (6%) foram também importantes em mais este insucesso.

No resto, apesar de alguma razão de queixa da arbitragem, está não foi considerada como um factor importante (3%) nem sequer a forma como os jogadores portugueses se apresentaram neste Europeu.

Leitores dispensam Rabiola e Kazmierczak


Rabiola e Kaz são, para os leitores do Zé do Boné, os jogadores com menos hipóteses de permanecer no plantel do FCPorto na próxima época. Depois destes, Adriano e João Paulo, cada um com 15% dos votos, também deverão ser dispensados.

No pólo oposto, Stepanov e Bolatti são dados como certos no plantel 2008/2009, havendo ainda alguma dúvida em relação a Leandro Lima e Castro.

quarta-feira, junho 25, 2008

Ridículo

O Boletim Oficial da Instituição da Luz noticiou na sua edição de hoje que o FCPorto "esteve perto de infligir novo golpe ao Benfica" e só porque "Simão não quis" é que os portistas não contrataram o jogador.

Ri às gargalhadas quando me deparei com o ridículo desta capa, senão vejamos:

Daqui se tira que o FCPorto esteve perto de contratar Simão mas este é que se recusou. Contudo, uma leitura mais atenta permite discernir os contornos desta, à partida, bombástica notícia.

NO ENTANTO, o que aconteceu foi que, o Atlético de Madrid está tão desejoso de levar Quaresma, que até terá oferecido Simão em troca. Como este último recusou ser moeda de troca ou, como convenientemente convém dizer para não piorar a azia que já dura desde a crise uruguaia de Sábado, "não quis tomar parte na "guerra" entre os clubes", a proposta não chegou a ser feita ao FCPorto.

Ou seja, o FCPorto nunca pretendeu contratar Simão. Bom, verdade seja dita, sabemos bem que o Simão vive o seu querido Benfica como poucos e nunca faria tal traição pois isso não faz parte do feitio do jogador. Aliás, a extinta revista Mundial já antes o tinha sublinhado.



PS - Dizem as más línguas que esta notícia terá surgido para suavizar um pouco mais um fracasso negocial do Benfica, neste caso relativo a Pongolle que preferiu o Atlético de Madrid. Teorias da conspiração, sem dúvida, embora até o Simão tenha preferido o Atlético de Madrid ao Benfica mas isso é outra história.

Reacções...

Agradecimentos à nossa simpática leitora que avançou com esta sugestão ;)*.

segunda-feira, junho 23, 2008

Ranking de clubes na UEFA para 2008/2009

O ranking de clubes da UEFA em vigor na época 2008/2009, que vai definir os cabeças de série nas competições de clubes é a seguinte (posição - equipa - coeficiente):

1 - Chelsea 124,996
2 - Milan 119,934
3 - Liverpool 118,996
4 - Barcelona 117,837
5 - Arsenal 110,996
6 - Manchester United 107,996
7 - Sevilha 102,837
8 - Lyon 99,380
9 - Inter 96,934
10 - Real Madrid 93,837
11 - Bayern 92,078
12 - PSV 91,610
13 - Villarreal 90,837
14 - Newcastle 84,996
15 - Valencia 83,837
16 - Roma 81,934
17 - FCPORTO 81,176
18 - Benfica 77,176
19 - Werder Bremen 74,078
20 - AZ Alkmaar 69,610
21 - Sporting 67,176
22 - Schalke'04 67,078
23 - Juventus 66,934
24 - Glasgow Rangers 66,013
25 - Marselha 63,380


Entrada Directa na Liga dos Campeões
Entrada na 2ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões
Entrada na 3ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões
Taça UEFA

No sorteio para a fase de grupos o FCPorto e o Sporting ficarão integrados no Pote 2, no qual ficarão provavelmente integrados Bayern, PSV, Villarreal, Roma, Werder Bremen e Shalke (se conseguir o apuramento na 3ª pré-eliminatória).

Este pote poderá sofrer alterações caso Liverpool, Barcelona ou Arsenal não se consigam apurar na 3ª pré-eliminatória. Nesse caso, Bayern, PSV e Villarreal serão, por esta ordem, admitidos no Pote 1.

Esta situação faria com que, no Pote 2, entrassem 3 equipas do Pote 3, possivelmente Juventus, Rangers e Marselha, caso estas ultrapassem as pré-eliminatórias, estando "à espreita" o sensacional Zenit São Petersburgo.

POTE 1
Chelsea
Liverpool *
Barcelona *
Arsenal *
Manchester United

Lyon
Inter
Real Madrid


POTE 2
Bayern
PSV
Villarreal
Roma

FCPORTO
Werder Bremen
Sporting

Schalke'04 *

POTE 3
Juventus *
Glasgow Rangers *
Marselha *
Zenit St. Petersburgo
Steaua Bucareste *
Panathinaikos *
Bordéus
Celtic

POTE 4
FC Basileia *
Olympiakos *
Fenerbahçe *
Shakhtar Donetsk *
Anderlecht *
Fiorentina *
Spartak Moscovo *
CFR Cluj

* - Se ultrapassarem as pré-eliminatórias em que estão envolvidos

Datas dos Sorteios
1ª e 2ª pré-eliminatória - 1 de Julho
3ª pré-eliminatória - 1 de Agosto
Fase de Grupos - 28 de Agosto

Datas dos Jogos
3ª pré-eliminatória - 12/13 de Agosto e 26/27 de Agosto
Fase de Grupos - início a 16/17 de Setembro

FCPorto lucrou mais na Liga dos Campeões

O FCPorto ganhou 11,581 milhões de euros na sua última participação na Liga dos Campeões onde, recorde-se, acabou por ser injustamente eliminado nos 8ºs de final pelo Shalke 04.

Em termos de clubes portugueses, saliente-se que o Sporting conseguiu 8,108 milhões, enquanto que o Benfica conseguiu 7,83 milhões.

No topo, o campeão europeu Manchester United obteve a soma de 42,879 milhões de euros.

Notícias

TARIK - Melhor marroquino a jogar no estrangeiro

Tarik Sektioui foi eleito pelos jornalistas de Marrocos como o melhor jogador marroquino a actuar no estrangeiro. Acaba por ser um prémio justo dada a época bastante positiva que o extremo realizou com destaque para os seus 6 golos pelo FCPorto na Liga e pelo fantástico golo que marcou ao Marselha na Liga dos Campeões.

As exibições no FCPorto levaram a que passasse a ser presença assídua na selecção de Marrocos, tendo inclusivamente participado na CAN, onde apontou 1 golo.

Tiago por Quaresma?

Foi hoje avançada no Jornal O Jogo a possibilidade de Tiago vir a representar o FCPorto como moeda de troca numa possível transferência de Quaresma para a Juventus. Contudo, este cenário parece afigurar-se como pouco provável. Depois da exibição no Europeu, é pouco provável que Quaresma saia do FCPorto...

domingo, junho 22, 2008

Cristian Rodriguez por 7 milhões de euros

O FCPorto comunicou hoje à CMVM que adquiriu 70% do passe de Cristian Rodriguez por 7 milhões de euros, tendo o atleta assinado um contrato com a duração de 4 épocas.

Foi sem dúvida um bom investimento num jogador que é já figura central da selecção do Uruguai.

O parágrafo do dia

"Depois do benfas se tornar o 1º clube da história a ser eliminado da Champions antes sequer desta ter começado, nada melhor do que perderem o seu melhor jogador a nosso favor. Ao contrário de Sokotas e afins, este sim foi um tiro certeiro no milhafre moribundo. É um começo em grande do "maestro" como director desportivo e mais um serviço bem prestado pelo nosso sócio de grandes apêndices auditivos. Que mais lhes irá acontecer?"

Transcrito, com a devida vénia, do Blog O Dragão

sábado, junho 21, 2008

O HEPTA-CAMPEÃO FCPORTO

video

Hepta - Campeões

video

Golos e Festa

Sem rival!


A equipa de hóquei em patins do FCPorto foi hoje fazer a festa a casa do rival(?) Benfica, vencendo por 4-3 e confirmando aquilo que já há muito se aguardava: a conquista do título de campeão nacional.

O FCPorto entrou forte, procurando adiantar-se cedo no marcador, o que acabou por conseguir, através de 2 golos de Reinaldo Ventura (3' e 7'). Contudo o Benfica acabou por reagir e, logo a seguir, Ricardo Barreiros reduziu para depois Tó Silva fazer o empate (13'), resultado com que se chegou ao intervalo.

Na 2ª parte o FCPorto voltou novamente a chegar à vantagem de 2 golos, primeiro por André Azevedo e depois por Caio, fazendo logo antever a festa que se seguiria e que nem mais um golo da equipa da casa ensombraria.

O FCPorto consegue assim o seu 17º título de hóquei em patins e um feito notável na história da modalidade em Portugal: o 7º título consecutivo.

Reinaldo Ventura sagrou-se também melhor marcador do campeonato com 57 golos.

PARABÉNS HEPTACAMPEÕES!

Cristian Rodriguez dragão!


O FCPorto chegou hoje a acordo com Cristian Rodriguez, ex-jogador do Benfica, por 4 épocas. De acordo com as informações, o FCPorto cobriu a oferta salarial que o Benfica estava a propor ao jogador, factor que acabou por ser decisivo.

O extremo, que também pode jogar no meio, foi um jogador fundamental no Benfica na época transacta, tendo jogado em 24 jogos e marcado 4 golos. Agora no Dragão, Rodriguez poderá afirmar-se e evoluir como jogador, tendo ainda a oportunidade de se mostrar na montra maior do futebol europeu de clubes, a Liga dos Campeões.

Um grande reforço para o FCPorto. Seja bem-vindo!

De virtuais campeões a campeões virtuais em 90 minutos.

Portugal perdeu ontem por 2-3 com a selecção alemã sendo difícil encontrar uma causa concreta para esta desilusão. É certo que Portugal estava avisado e já conhecia (desde há 2 anos) a forma de jogar desta Alemanha de Joachim Low que é a continuação da Alemanha de Klinsmann. No entanto, repetiram-se os mesmos erros. A ajudar a festa, jogadores desinspirados e desconcentrados, opções tácticas duvidosas, um árbitro com problemas de visão e um alemão que joga irritantemente bem contra Portugal.


A equipa portuguesa entrou bem mas algo lenta. Dominava, é certo, mas a Alemanha fechava bem, juntando muito as linhas e não dando espaço aos criativos portugueses. No entanto, aos poucos, a equipa lusa começou a esboçar alguns ataques mais perigosos, sendo exemplo disso um lance onde Simão aparece com perigo na meia direita mas optou pelo remate quase sem ângulo, até porque Nuno Gomes estava tapado e atrás não vinha ninguém. Aliás, Nuno Gomes foi sempre presa fácil da defesa alemã. É certo que marcou o golo mas fê-lo quando, na sequência de 2 passes de ruptura do ataque português, a defesa alemã se preocupou mais com Ronaldo do que com Nuno Gomes e este apareceu sozinho.


Após o primeiro aviso de Simão, Portugal conseguiu outra jogada de perigo com Bosingwa a aparecer na direita e a cruzar a meia altura para Moutinho que, em posição privilegiada, não se conseguiu decidir entre cabecear e pontapear a bola e, por reflexo, tocou com a coxa por cima. Pena para este jogador, que fez um Campeonato da Europa muito interessante, e que acabaria por sair lesionado após um toque de um alemão.


Quando se esperava que Portugal pudesse desequilibrar mais e chegar mesmo ao golo, a Alemanha marcou. O lance começa num contra-ataque pelo lado esquerdo conduzido por Podolski, Bosingwa e Pepe não conseguem cortar o lance e, no outro lado, Paulo Ferreira desconcentradíssimo (estaria a confiar nos 2 colegas?), é ultrapassado por Schweinsteiger que acorre ao cruzamento do colega e, perante um desamparado Ricardo, abre o marcador.

Aqui Portugal acusou e de que maneira o golo perdendo o controlo do jogo! A cada ataque da Alemanha, os médios começaram a encostar-se à defesa, dando espaço no meio campo para os médios alemães que assim jogavam à vontade. A Alemanha acabaria por chegar ao 2º golo num livre cobrado na esquerda por Schweinsteiger, com Mertsacker a fazer a entrada ao primeiro poste levando consigo 2 portugueses e abrindo espaço nas costas para a entrada de Klose que não teve dificuldade em bater Ricardo.


Nesta altura temeu-se o pior mas a Alemanha abrandou o ritmo para gerir o jogo até ao intervalo e Portugal começou novamente a ter posse de bola. Scolari também pediu a Ronaldo que se chegasse mais para junto de Nuno Gomes, abrindo espaço na defesa germânica.

É por esta altura que, num lance de ataque português, Nuno Gomes parece ser puxado na área. Não houve repetições mas poderá ter havido ali falta para grande penalidade que o árbitro deixou passar em claro. Contudo, pouco depois, Portugal chegaria ao golo num lance que começa em Deco, o melhor jogador em campo no lado português. O luso-brasileiro pega na bola e, com um passe soberbo, solicita Simão na direita. Este flecte para o centro e descobre do outro lado Ronaldo que atira para a defesa incompleta de Lehmann. A bola acaba por sobrar para Nuno Gomes que atira para o fundo das redes, com a bola ainda a ressaltar num defesa alemão.

Esta reacção poderia ter tido ainda mais expressão se, pouco depois, Ronaldo que apareceu novamente na área, tivesse marcado o 2º golo. Contudo a bola acabou por sair um pouco ao lado.

Ao intervalo Portugal perdia é certo, mas o golo antes do descanso tinha sido fundamental, oferecendo boas perspectivas para a 2º parte.

No reatamento Portugal entrou bem e por Raul Meireles primeiro, com um disparo ao lado, e Pepe depois, com um incrível falhanço na área após a marcação de um canto a cabecear por cima, poderia ter chegado ao golo.

Portugal não marcou e a Alemanha sentenciou o jogo novamente na marcação de um livre e desta vez por Ballack a cabecear à vontade após ter empurrado Paulo Ferreira à margem das leis. Ricardo também não fica isento de culpas neste lance ao ter uma saída... à Ricardo.

Scolari ainda tentou mexer com a entrada de Postiga e Nani para os lugares de Nuno Gomes e Petit mas o mais que conseguiu foi marcar mais um golo após um belíssimo trabalho de Nani na esquerda que cruzou para a área onde Postiga apareceu bem a fazer o golo que ainda acendeu a esperança.

Contudo, a precipitação portuguesa no remate e o espírito de sacrifício da Alemanha contribuiram para que o resultado não se alterasse mais até ao final, onde Pepe acabou mesmo a jogar como ponta-de-lança.

Fica a mágoa de uma equipa que, pelos nomes que tinha em campo e no banco, poderia e deveria ter feito muito mais contra uma Alemanha instável mas que se preparou muito melhor para este jogo, explorando as mesmas fraquezas que encontrara há 2 anos no Mundial.

Deste jogo fica a enorme atitude de Deco "O Corajoso", o eclipse de Ronaldo, os cruzamentos sem nexo de Bosingwa (da esquerda não os houve) e os remates de Portugal para a bancada. Fica também uma atitude curiosa de Scolari que responsabilizou directamente os jogadores pela derrota no final do jogo.

Termina assim o ciclo Scolari à frente de Portugal, um ciclo conturbado, com muitas escolhas discutíveis (a não convocatória de Maniche foi a última), um soco num sérvio, mas que teve o condão de unir os portugueses à volta do clube-selecção. Foi contudo melhor a motivar os jogadores do que a escolher a táctica da equipa em muitos jogos. Seja como for, Scolari marcou definitivamente uma época no futebol português e devemos estar-lhe gratos por isso.

sexta-feira, junho 20, 2008

Acabou...



Portugal 2 x 3 Alemanha

Apenas Deco não chegou.

A reacção do Zé do Boné segue amanhã.

quinta-feira, junho 19, 2008

Adeptos Portistas são os mais confiantes

De acordo com os resultados de uma sondagem publicados hoje no Correio da Manhã (irónico...), os adeptos portistas são quem mais acredita na vitória da Selecção no Euro 2008.

Em termos globais da população, 56,6% dos portugueses acredita na vitória enquanto que 31,7% permanecem pessimistas em relação a essa perspectiva.

Analisando particularmente os adeptos dos ditos "3 grandes" verifica-se que os portistas são os mais optimistas com 65,3% a acreditar na vitória portuguesa. Em segundo lugar vêm os adeptos do Benfica com 58,2% seguidos dos adeptos sportinguistas, cujos números não são divulgados na notícia on-line embora se refira que mais de 50% acredita na vitória.

Será esta uma confiança que reflecte a expectativa habitual que os adeptos alimentam em relação à equipa pela qual torcem?

Será

"Benfica campeão do ridículo"

O texto que se segue é a reprodução de uma crónica publicada ontem no Jornal Record e da autoria de Eugénio Queirós. Sem dúvida um texto a reter.

Um bom treinador pode melhorar uma equipa no máximo em 10%; no entanto, um mau treinador torna uma equipa pior em 50%". Segundo Reinhard K. Sprenger, consultor financeiro e autor de um livro ("Bem Posicionado", edição da Centro Atlântico.pt) sobre estratégias do futebol aplicadas às empresas, esta frase lapidar de Giovanni Trappattoni é "uma das mais importantes opiniões que o futebol pode pôr à disposição da economia". Nem mais.

A "Velha Raposa" italiana acrescentou 10% à equipa do Benfica que venceu o campeonato 2004/2005 mas, em condições normais, tal dificilmente seria suficiente para lhe dar o título. O que só aconteceu porque em Dezembro de 2004 o Apito Dourado rebentou também nas mãos de Pinto da Costa e atingiu o FC Porto dos pés à cabeça, criando entre os árbitros uma espécie de mecanismo de defesa sempre que dirigiam jogos dos azuis e brancos. Ou seja, na dúvida, raramente beneficiaram a equipa portista. Resultado final: Benfica campeão, depois de uma longa travessia do deserto.

É certo que nessa época o FC Porto também deu alguns tiros nos pés. Luigi Del Neri foi despedido à má fila depois do estágio na Holanda sob o argumento de que se tinha atrasado no regresso, Víctor Fernández foi campeão do mundo mas não convenceu e cedeu depois de ver os Super Dragões invadirem o terreno onde treinava e José Couceiro não conseguiu reparar os estragos, assinando uma das mais humilhantes derrotas da história do FC Porto, em casa, com o Nacional da Madeira de José Carlos Pereira, o treinador que copiou o sobretudo de José Mourinho (e não só).

Voltando à fase de Trappattoni - treinador que o Benfica fez pouco para convencer a ficar depois de proeza tão grande - que Sprenger valorizou, podemos também aplicá-la aos dirigentes. Mas aqui talvez com outros valores. Quanto vale um presidente na maximização das potencialidades de uma equipa? No caso concreto de Jorge Nuno Pinto da Costa, será exagero dizer que tem um valor acrescentado de 20%? Acho que é pecar por modéstia... Sem ser preciso enumerar os títulos conseguidos pelo FC Porto sob o comando do seu líder, até os seus adversários mais empedernidos pela doença do fundamentalismo reconhecem que se o actual presidente do FC Porto continuasse a vender fogões a hegemonia desportiva portista dos últimos anos não passaria de um sonho.

Os adeptos do FC Porto sabem o que devem a Pinto da Costa. Só por isso é que sempre lhe deram o benefício da dúvida mesmo quando sentiram que o clube podia ser penalizado por actos praticados, à margem da lei, pelo presidente. Actos - ainda não provados - ainda assim cometidos em favor do FC Porto. Numa situação de guerra, os crimes por norma justificam medalhas. E não é de uma guerra que, afinal, estamos a falar?

Uma guerra que o Benfica de Luís Filipe Vieira continua a querer perder. Agora pelo ridículo de mais um ataque. Pedir à FPF uma indemnização de 30 milhões de euros pelo facto de não ir à Liga dos Campeões na vaga do FC Porto não só é ridículo como também escabroso. O Benfica não merece estar na Champions. Na última época desportiva, nada fez por isso e até pelo Vitória de Guimarães foi comido de cebolada. A presença na Taça UEFA é um prémio se calhar imerecido. O Belenenses fez muito mais por ela...

É certo que a guerra do Benfica parece ser outra. Não consegue ganhar no campo, tenta ganhar na secretaria e nos tribunais. Mas nesse campo não se assume. Apostou num cavalo e chamou a si créditos que não lhe pertencem. E quando pretende reforçar esta frente só contribui para a descredibilização do processo. De tiro no pé em tiro no pé, o clube da Luz continua a viver na expectativa de um milagre.Ora, que se saiba, apenas Pinto da Costa costuma frequentar o santuário de Fátima.

Autor: EUGÉNIO QUEIRÓS

Saídas e Reforços

Lucho Gonzalez terá manifestado, em entrevista, vontade em sair do FCPorto para abraçar uma liga mais competitiva. Pessoalmente compreendo-o: para além de a Liga Portuguesa não ter a visibilidade de outras ligas europeias, é uma liga que normalmente perde a competitividade a partir de Janeiro.

Certo é que Lucho é um jogador de classe mundial, tornando-se um alvo apetecível para os tubarões do futebol europeu (poderá ser, por exemplo, o substituto de Deco no Barcelona) mas, por outro lado, tem contrato até 2011, não sendo certamente um dos que ganha menos no FCPorto. Não tendo uma cláusula de rescisão no contrato, o valor da sua transferência terá forçosamente de ser negociado com o FCPorto e, se Quaresma vale 40 milhões segundo a SAD (ninguém tem?), Lucho valerá muito mais. Por outro lado, Lucho é um jogador vital no FCPorto, ao contrário de Quaresma. Aliás, essa é também a opinião dos leitores do Zé do Boné, que o manifestaram em sondagem, elegendo-o como figura maior do Tri-campeonato com 43% dos vontos, sondagem na qual, curiosamente (ou não), Quaresma não teve qualquer voto.

Seja como for, na eventualidade da saída de Lucho, a SAD terá obrigatoriamente de ir à procura de um jogador de classe sem medo de investir. À partida, o substituto natural tendo em conta a posição onde jogava no Rosário (médio direito / interior direito) e a qualidade de visão e de passe, será Tomás Costa, ficando novamente em aberto a vaga para médio de características mais defensivas pois apenas Bolatti é pouco. De salientar que confirmando-se o seu valor, Tomás Costa será um jogador fundamental, quer pelas suas características, quer pela sua versatilidade (médio defensivo, médio-direito, defesa-direito).

Faltam ainda alguns jogadores neste FCPorto, nomeadamente um defesa-direito para lutar taco-a-taco com Fucile pela posição, e um defesa esquerdo se Cech avançar para o meio campo ou for transferido, tal como Lino, pois Benítez é uma incógnita.

No meio campo, faltará alguém como alternativa pontual a Lucho ou, se este sair, como seu sucessor no FCPorto. No ataque, aparentemente está tudo definido, excepto pela incógnita Quaresma que, para meu desespero, não parece que vá sair do FCPorto...

Potenciais reforços

Este Campeonato da Europa tem revelado alguns bons jogadores que poderiam ser bons reforços para o FCPorto, para aquelas posições em que a equipa está mais carenciada. Por outro lado, há outros jogadores de mérito reconhecido que poderiam ser "recuperados" pelo FCPorto para a próxima época:

Andrei Arshavin (médio ofensivo / médio direito / avançado, 27 anos)
Playmaker do Zenit, foi fundamental na época brilhante da equipa, sendo também nesta altura uma peça fundamental da Selecção Russa (35 internacionalizações / 12 golos). Tendo cumprido castigo nos 2 primeiros jogos do Euro, apareceu decisivamente ontem contra a Suécia. Será contudo, nesta altura, um jogador de preço elevado.

Danijel Pranjic (defesa esquerdo / médio esquerdo, 26 anos)
É um jogador de grande velocidade que ataca muito bem a linha final e, para além disso, também é dono de um poderoso remate e uma excelente capacidade de cruzamento. Tem sido uma figura em destaque na Selecção Croata (14 internacionalizações) dando uma especial agressividade ao lado esquerdo do ataque, onde consegue conciliar a sua garra, própria dos croatas, com uma boa cultura táctica assimilada na Holanda. Joga actualmente no Heerenveen onde, em 41 jogos na presente temporada, apontou 10 golos.


Pedro Mendes (médio centro/ médio direito, 29 anos)
Um médio com história no FCPorto, para onde se transferiu após excelentes prestações no Vitória de Guimarães, tendo conquistado um campeonato e uma Liga dos Campeões. Foi transferido para o Tottenham de forma algo precipitada, onde jogou duas épocas, estando agora, desde 2006 no Portsmouth.
Fez este ano 24 jogos na modesta equipa inglesa onde foi figura secundária atrás de Diop, Diarra e Muntari. Muito generoso e disciplinado tacticamente, o jogador que entre os adeptos do Portsmouth é chamado de "The Man With The Big Hearth", seria com certeza uma grande aquisição para o FCPorto.

terça-feira, junho 17, 2008

Coerência Vermelha

Não há limites para a idiotice! É esta a conclusão que se tira da nova investida do Benfica para, em desespero, tentar obter algo de (mais) um recontro com o FCPorto, no qual foi invariavelmente derrotado em toda a linha. Esta é aliás uma tendência global dos embates entre FCPorto e Benfica de há uns anos a esta parte, mas não é a isso que me quero referir neste post.

O Benfica anunciou então em comunicado que vai procurar ser ressarcido integralmente por danos morais e prejuízos que advêm da decisão da UEFA em admitir o FCPorto na próxima edição da Liga dos Campeões, ao invés do Benfica. Contudo, hoje essa vontade foi traduzida em números: o Benfica vai pedir 30 milhões de euros de idemnização à FPF.

Tenho de colocar a questão: prejuízos de 30 milhões? Em quê? Onde? Porquê? Alguém me explica como é que esta equipa do Benfica iria obter 30 milhões na Liga dos Campeões? Será que se referem a perdas nos patrocínios? Mas não era o Benfica a maior marca portuguesa? Qual será então a dificuldade em cativar patrocínios se são assim tão grandes?

Contudo, a maior incongruência está inscrita no próprio comunicado, nos pontos 7 e 10:

(...)

7. Deste modo, a SL Benfica – Futebol, SAD em consequência dos factos descritos, da sua ilicitude e gravidade, já deu conhecimento dos mesmos à UEFA e irá promover de imediato todas as diligências judiciais a fim de ser reposta a verdade punindo-se desde logo a conduta negligente da Federação Portuguesa de Futebol e de forma concomitante a reparação integral dos danos sofridos.

(...)

10. A SL Benfica – Futebol, SAD irá continuar a preparação da época desportiva 2008/2009 segundo os mesmos parâmetros que definiu concluída a época desportiva transacta.

No ponto 7 entende-se, então, que o Benfica vai pedir a reparação integral dos danos sofridos pela não participação na Champions. Contudo, no ponto 10, afirmam que vão continuar a preparar a próxima época como tinham definido no final da época transacta, ou seja, vão continuar a preparar a próxima época, como sempre defenderam que fizeram em todos os comunicados, com vista à participação na Taça UEFA, com uma equipa apetrechada para lutar pela Taça UEFA (com a vantagem de não apanharem por lá o Getafe que, felizmente para si, conseguiu a manutenção na Primeira Liga Espanhola).

Então mais uma vez pergunto: onde é que foram prejudicados se a UEFA apenas os manteve onde eles sempre estiveram preparados para estar? Poderiam era, quiçá, pensar em processar a UEFA por, temporariamente, os ter colocado perante a perspectiva de terem de jogar contra equipas de outra galáxia, com alto risco de serem vergonhosamente eliminados das provas europeias, aí sim, com elevado prejuízo. No fundo, o Benfica acaba por reclamar compensações por danos sofridos numa guerra onde se foi meter sem ser chamado e com a qual não tinha nada a ver.

Como referiu há bocado em conversa o meu camarada Wolverine, o FCPorto poderia agora pensar em avançar para o mesmo jogo e processar o Benfica, agora sim, por danos morais e prejuízos causados, para além de ter levado ao gasto inútil de dinheiro dos contribuintes. Já agora, denunciem o Benfica por ter um jogador que foi o rosto de campanhas publicitárias de empresas de apostas que nada têm a ver com a BWin. A Liga sabe disto? A FPF saberá? Já agora, a UEFA e a FIFA sabem?

Propostas de moda 08/09

O Zé do Boné apresenta a sua proposta para o Verão 2008/2009 para os adeptos que pretendam glorificar bem alto as proezas do seu clube.

Disponíveis em 3 cores: rosa, azul e branco e em tamanho L e XL, estas t-shirts têm como público alvo os adeptos do FCPorto e do Benfica.

Aceitam-se encomendas.


Que bela sinfonia...!

segunda-feira, junho 16, 2008

Suiça 2 x 0 Portugal

Falta de atitude, falta de pontaria, falta de árbitro competente e uma Suiça limitada que foi briosa no seu esforço.
Venha a Alemanha.

Decisão da UEFA leva Benfica a avançar para os tribunais

Segundo um comunicado hoje publicado no seu muro das lamentações oficial na web, o Benfica anunciou que vai recorrer aos tribunais para ser ressarcido integralmente "dos danos sofridos" e irá procurar que seja reposta a verdade desportiva na sequência da decisão da UEFA de manter o FCPorto na próxima edição da Liga dos Campeões.

Tendo em conta que o Benfica sabia de antemão que:

1 - O FCPorto foi campeão e, segundo a unanimidade das declarações dos jogadores do Benfica, com pleno mérito

2 - O FCPorto conquistou de forma peremptória 23 pontos de vantagem sobre a melhor equipa do Benfica nos últimos 10 anos

Só podemos concluir que:

a) A Benfica-SAD vai processar o Benfica-clube e a sua estrutura dirigente pelo paupérrimo desempenho desportivo na presente época;

b) A Benfica-SAD vai processar o Marítimo por ter permitido a ida de Makukula para a Luz, assim como o seu representante. Pelo meio, vão ainda ser processados os representantes de Bergessio, Maxi Pereira, Yu Dabao, Butt, Luís Filipe e dos 10 jogadores do Atlético de Madrid que não chegaram a vir na transferência de Simão que, segundo o Benfica, teve um valor muito mais alto do que aquele que entrou nos cofres da Luz;

c) Luís Filipe Vieira vai, a título pessoal, processar-se a si próprio pelas enganosas afirmações de que foi autor ao criar elevadas expectativas na massa adepta vermelha, nomeadamente ao ter afirmado que não tinha havido melhor equipa nos últimos 10 anos no clube da Luz e que era o sonho de qualquer treinador treinar o Benfica (para um treinador do calibre de Luís Campos, talvez);

d) Já que os advogados estão com as mãos na massa, provavelmente os melhores advogados dos últimos 10 anos, a Benfica SAD vai aproveitar para processar o cabeleireiro de Nélson, os cotovelos de Cardozo e os pais do Rui Costa por não o terem concebido 10 anos mais tarde.


PS - Em relação à verdade desportiva, acreditamos que o Benfica vai exigir a restituição dos 6 pontos ao FCPorto, curiosamente o mesmo número de pontos que o TRICAMPEÃO conseguiu frente ao Benfica.

PS2 - O Benfica não vai à Champions e "não morre ninguém por isso" (sic)

Hóquei: FCPorto 5 x 3 Benfica (2-1)

O FCPorto recuperou no passado Sábado a vantagem na final do Play-off 2007/2008 ao receber e bater, no lotado pavilhão de Fânzeres, o Benfica por 5-3, demonstrando toda a sua categoria, após ter estado por duas vezes em desvantagem de 2 golos, num jogo onde o Benfica bem pode agradecer ao seu guarda-redes o facto de não ter sofrido uma goleada histórica.

Tendo entrado à procura do golo, o FCPorto acabou por ser surpreendido pelo Benfica que, contra a corrente de jogo, chegou aos 2-0 em cerca de 3 minutos, primeiro num lance de contra-ataque e, depois, num remate de meia distância que Edo Bosch não viu partir. De salientar a atitude de Edo Bosch que jogou completamente afónico e com fortes dores de garganta mas que, ainda assim, mostrou o porquê de ser um símbolo do hóquei portista, recusando-se a ficar fora do jogo.

Franklim Pais reagiu e fez entrar em campo Ricardo Figueira, aposta que veio a revelar-se decisiva, ao fazer a assistência que Emanuel Garcia desviou para a baliza, um lance que aliás já temos visto mais vezes, reduzindo o resultado para 1-2. Ainda assim, o Benfica ampliou novamente a vantagem para 1-3 mas, a partir deste golo, o FCPorto como que despertou para um domínio avassalador, partindo para cima do seu adversário que, até ao fim do jogo, só por 2 vezes voltou a incomodar verdadeiramente Edo Bosch.

Antes do intervalo, Ricardo Figueira esteve novamente em destaque ao fazer o 2-3 num remate de meia distância. Antes, Reinaldo Ventura ainda havia desperdiçado uma grande penalidade, quanto a nós mal assinalada pelo árbitro. Aliás, Reinaldo viria ainda a falhar outra grande penalidade, ele que até é um exímio especialista neste tipo de lances.

Após o intervalo a toada de jogo não se alterou, com o FCPorto sempre em cima do Benfica que apenas se limitava a tentar gerir a escassa vantagem de 1 golo e cujos jogadores mostravam incessantemente ter muito jeito para a ginástica ao procurarem fazer sistematicamente o pino nas barreiras laterais do ringue.

Caberia a Caio igualar a partida na marcação de mais uma grande penalidade, não dando hipótese a Carlos Silva. Pouco depois, o mesmo Caio, daria alguma justiça ao marcador ao completar a reviravolta com um remate de meia distância.

Até ao final, o FCPorto ainda ampliaria a vantagem com um grande golo de Filipe Santos que, em lance individual, passou por vários adversários e estabeleceu o 5-3 final, resultado escasso para o que se passou no ringue.

A final segue no próximo Sábado na Luz onde, caso consiga vencer, poderá finalmente fazer a festa do notável HEPTACAMPEONATO. Em caso de derrota, a decisão final virá para Fânzeres onde o FCPorto terá a vantagem do factor casa.

Cá pela Beira...

..não posso deixar de assinalar dois factos que motivam grande satisfação aqui pelo Zé do Boné.


A A.D. do Fundão assegurou este fim-de-semana a manutenção na 1ª Divisão de Futsal ao bater fora a UTAD por 4-2. Dado que o Boavista goleou o Sassoeiros, só a vitória interessava à ADF, resultado que, felizmente, acabou por conseguir após estar a perder por 2-0 ao intervalo.

O Sassoeiros e a ADF ficam assim na 1ª Divisão enquanto que o Boavista desce à 2ª Divisão, acompanhando o Nogueirense, Sassoeiros e a UTAD. Um feito notável para uma equipa com um orçamento muito reduzido e cujos jogadores nucleares do plantel são oriundos da região.

O Sporting Clube da Covilhã subiu à II Liga ao bater fora o Olivais e Moscavide na marcação de grandes penalidades após ter perdido por 1-2 no tempo regulamentar. O S.C. Covilhã havia vencido na primeira mão deste "original" play-off por 1-0.

Um feito importante para um clube que assim fica mais perto dos grandes palcos do futebol português e que já tem historial na 1ª Divisão e Taça de Portugal.

FCPorto na Champions League em 2008/2009


Segundo o que acaba de ser anunciado na imprensa portuguesa, a UEFA anunciou que, definitivamente, o FCPorto irá participar na próxima edição da Liga dos Campeões.

Segundo o porta-voz do organismo que tutela o futebol europeu, o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol nunca iria analisar o caso a tempo da próxima edição da competição e, sendo assim, qualquer decisão que seja tomada, nunca irá ter efeito esta época.
A confirmar-se oficialmente esta decisão, acaba por ser feita justiça ao clube que, desportivamente e com grande brilhantismo, se apurou de pleno direito para a Liga dos Campeões, superando Sporting, Guimarães e a melhor equipa do Benfica dos últimos 10 anos.

Sendo assim, afigura-se uma tarefa muito complicada, na próxima época, para o "clube" mais interessado na exclusão do FCPorto (e que mais cordelinhos moveu nesse sentido embora, infelizmente para eles, não tenha conseguido eleger ninguém para cargos sensíveis na UEFA). Assim, este "clube" terá de se classificar pelo menos em 3º lugar se pretender ir à prova maior de clubes do futebol europeu da mesma forma como tentou ir este ano.

Até lá, podem começar a praticar:



Este artigo tem o patrocínio de Rennie, pastilhas digestivas de alta eficácia.

sábado, junho 14, 2008

Interessante artigo editorial...

...este, retirado do site oficial do FCP. Não vem nada ajudar ao processo digestivo de certas e determinadas pessoas. Eis o texto:


Esperanças frouxas

O Comité de Apelo da UEFA revogou a decisão da primeira instância, mas, à imagem dos candidatos políticos derrotados, houve quem cantasse vitória, quando o bom senso e o rubor exigiam mordaça e não microfone.

O F.C. Porto compreende a frustração do SLB durante o dia de hoje. Não é mais, de resto, que o reflexo de uma época de digestão desportiva complicada. A pressa revelada nas explicações exibe o que aconteceu durante toda a semana que passou.

Que fique claro: o SLB não ficou a ser parte do processo durante a sessão desta sexta-feira do Comité de Apelo da UEFA. Já o era há uma semana.

Tal como no relvado, no momento certo para expor argumentos e exibir dados, o F.C. Porto foi eficaz. Sem recorrer a fundamentos rebuscados, delgados e frágeis, inverteu a situação gerada em primeira instância. E volta a estar na UEFA Champions League, direito que assegurou com o melhor futebol que se viu em Portugal.

Tudo o resto são estratégias para tentar convencer os desprevenidos.

sexta-feira, junho 13, 2008

De volta à primeira instância

O Comité de Apelo da UEFA decidiu hoje anular a decisão do Órgão de Controlo e Disciplina da UEFA que, como todos recordam, havia decidido suspender o FCPorto das competições da UEFA em 2008/2009.

O processo volta assim à primeira instância e, para já, estão na Champions os clubes que desportivamente garantiram esse direito.

Ficam-se a aguardar os desenvolvimentos do processo mas, parece-me, que de repente certos e determinados senhores terão ficado com um ligeiro travo amargo na boca. Como já o tinha dito a uns benfiquistas cá do burgo: Querem a Champions? Joguem à bola!

quinta-feira, junho 12, 2008

Concentradíssimos no Euro


Ronaldo fica em Manchester ou vai para Madrid? Vai casar ou não? Deco vai para o Inter? Eram estas as questões que mais preocupavam as pessoas no arranque da competição.

Pois bem, pelos vistos até Scolari já estava preocupado com o seu futuro e, conforme anunciou o Chelsea, vai ser o próximo treinador da equipa londrina. Segundo o comunicado, não serão feitas de uma parte e da outra, quaisquer declarações sobre o assunto até final da competição. Claro que nem os jornalistas vão questionar sobre o assunto nas próximas conferências de imprensa...

Espero sinceramente que este tipo de questões fique em suspenso pelo menos até dia 29 caso contrário teremos de perguntar a nós próprios: Será que há alguém na Selecção preocupado com o Euro?

quarta-feira, junho 11, 2008

Portugal avança para a próxima fase


Ao bater a selecção da República Checa, Portugal garantiu desde já a passagem à fase seguinte da prova onde irá defrontar provavelmente a Croácia ou a Polónia, partindo do princípio que, quer Portugal, quer a Alemanha, terminarão esta fase na liderança dos respectivos grupos.

Sobre o jogo, eu já o tinha aqui dito, a Rep. Checa é um adversário muito mais difícil do que o foi a Turquia (que à hora a que eu escrevo este texto está empatada com a Suiça) e só com muita determinação, e a inspiração de Deco e Ronaldo, foi possível vencer o jogo.

Tendo entrado bem no jogo, Portugal dominou e jogava com grande rapidez, trocando bem a bola e baralhando as marcações dos checos. Assim, o golo até acabou por surgir naturalmente, com uma assistência de Nuno Gomes para Ronaldo que não consegue bater Petr Cech (a par de Sionko, foi o melhor da Rep. Checa), mas este não consegue segurar a bola que acaba por sobrar para Deco que, com a colaboração de um defesa adversário, inagurou o marcador.

No entanto, na sequência de um canto, a Rep. Checa conseguiu chegar à igualdade por Sionko e Portugal sentiu, e de que maneira, o golo, deixando de fazer a boa circulação de bola que até aí vinha fazendo. Por outro lado, os checos disputavam a bola com uma agressividade algo no limite, o que limitava também os talentos portugueses.

Após o intervalo, o jogo continuou muito disputado embora Portugal tenha surgido muito rematador. Contudo, Nuno Gomes mais uma vez demonstrou estar divorciado com a baliza e, ao resto, Petr Cech opunha-se com muita categoria. Isto até que Deco surge isolado na direita, leva a bola para a frente até à área adversária e, fazendo uma leitura perfeita do jogo, descobre Ronaldo sozinho na área que, com classe, bateu finalmente Cech.

A partir daí a Rep. Checa teve de ir à procura do prejuízo, fazendo entrar o gigante Koller, ao que Scolari reagiu e bem, fazendo entrar Meira, como contra-medida para a elevada estatura do checo e com a vantagem de conhecer bem a sua forma de jogar já que ambos jogam na Alemanha.

A seguir, Scolari fez entrar Hugo Almeida para o lugar de Nuno Gomes, uma substituição que quanto a mim deveria ter acontecido logo ao intervalo já que Portugal jogava bem pelas alas mas, na área, faltavam centímetros e poder de choque ao ataque português.

Depois, uma vez que Simão estava já cansado e era necessário fechar o lado direito e, ao mesmo tempo, sair rápido para o contra-ataque, Scolari trocou o Madrilenho por Quaresma que acabaria mesmo por fazer o 3º golo para Portugal após um lance rápido de contra-ataque e uma excelente leitura de Ronaldo que, numa atitude invulgar, preferiu dar o golo ao companheiro de equipa em vez de tentar a sorte. Pela frente estava o monstro Petr Cech e preferiu jogar pelo seguro.

Foi pois uma vitória saborosa da equipa das quinas mas que, para aspirar a grandes vôos, precisa urgentemente de rever o posicionamento defensivo onde, nitidamente, ainda falta algum entendimento entre os jogadores mais recuados. No lance do golo, por exemplo, Ricardo não arriscou a saída e Petit foi sumariamente batido no lance. Contra os turcos, os checos e os suíços, chega e sobra mas quando chegar a altura de jogar contra uma Alemanha, por exemplo, vai ser preciso muito mais concentração.
Imagem: UEFA

terça-feira, junho 10, 2008

Várias hipóteses para nº6


É essa a ideia que se retira da sondagem efectuada junto dos visitantes do Zé do Boné.

Assim, a contratação de um novo jogador (Tomás Costa?) ou a colocação de Raul Meireles numa posição mais recuada, parecem as opções mais credíveis para cerca de 2/4 dos adeptos. Em terceiro lugar, a aposta em Mário Bolatti é tida como a solução ideal por 20% dos votantes. Curioso é constatar que a aposta em Bolatti ganhou força após as suas declarações à imprensa, mostrando vontade de se afirmar com a saída de Assunção.

A aposta em Fernando, com 16%, em João Paulo, com 12% são as outras alternativas, ao passo que Castro é tido como a aposta menos fiável. Aliás, como o comentador residente do blog, o meu camarada Wolverine afirmou, Castro será mesmo um jogador para lugares mais adiantados no terreno.

Vítor Baía condecorado com a Ordem do Infante D.Henrique


O mítico Vítor Baía foi esta manhã condecorado por Aníbal Cavaco Silva com o título de Oficial da Ordem do Infante D. Henrique como reconhecimento pela sua carreira.

Esta condecoração visa agraciar todos aqueles que se distinguiram pelos serviços relevantes prestados em prol de Portugal, no país e no estrangeiro.

Vítor Baía, representou o FCPorto e o FCBarcelona para além de ter sido durante quase 10 anos o titular da Selecção Nacional. Ao serviço do FCPorto conquistou 10 campeonatos nacionais, 5 Taças de Portugal, 8 Supertaças Cândido de Oliveira, 1 Taça UEFA, 1 Liga dos Campeões e 1 Taça Intercontinental. Em Barcelona, conquistou 2 Taças do Rei, 1 Campeonato, 1 Supertaça de Espanha, 1 Taça das Taças e 1 Supertaça Europeia.

Para além de ser actualmente o futebolista recordista de títulos a nível mundial, com 32 titulos contra 25 de Pelé, Rijkaard e Mário Lacatus, também é o único jogador que conquistou títulos em todas as competiçoes de clubes em que participou. É ainda detentor do record e 1192 minutos sem sofrer golos no Campeonato Nacional e o 5º classificado nessa estatística a nível mundial.

Vítor Baía é e será sempre o melhor guarda-redes do FCPorto de todos os tempos e um dos melhores guarda-redes (senão o melhor) de sempre de Portugal.

Actualmente é Director de Relações Externas do FCPorto e dirige uma fundação com o seu nome, destinada a apoiar crianças e adolescentes carenciados.

Os últimos dias

Após um breve hiato, facto que irá acontecer com cada vez mais frequência nos próximos 2 meses, estamos de regresso às lides bloguísticas.

Entretanto, nos últimos 3 dias, muito aconteceu. Vejamos por ordem cronológica:

Euro 2008

O campeonato começou oficialmente no último sábado, precedido da tradicional e colorida cerimónia de abertura. Desta vez, a UEFA anunciou pomposamente que não haveria qualquer discurso durante a abertura. Os adeptos devem ter certamente agradecido.

Depois do Suiça x Rep. Checa, ganho pelos checos e com uma arbitragem a roçar a o fraco, o destaque foi sem dúvida o Portugal x Turquia. A vitória veio coroar uma boa exibição da equipa portuguesa, embora o adversário não tenha constituido um teste muito sério à equipa das quinas. Com Pepe, Moutinho e Deco em grande, foi o primeiro quem desfez o empate numa boa iniciativa com Nuno Gomes em que este fez o mais lógico: não sabendo marcar, dá a quem sabe.

Depois foi Raúl Meireles, no fim do jogo e já em período de compensação, quem fez o segundo, com uma boa incorporação num lance de ataque conduzido por Ronaldo, soberbamente trabalhado por Moutinho (grande exibição) e finalizado pelo portista.

Amanhã, contra a Rep. Checa, já poderemos ter uma ideia concreta do que pode valer a Selecção. Há visivelmente grandes equipas na competição, a Alemanha com o seu jogo mecanizado habitual e a Holanda que ontem foi avassaladora contra a Itália, naquele que foi sem dúvida o melhor jogo até agora. O Europeu segue dentro de momentos.

Hóquei em Patins

O FCPorto perdeu por 2-3 o 2º jogo da final do Playoff 2008 contra o Benfica. Após um começo muito disputado, a equipa portista, privada do melhor jogador português da actualidade, Reinaldo Ventura, sofreu o 1º golo contra a corrente de jogo. A partir daí o Benfica moralizou e chegou ao 2-o, resultado com que as equipas foram para o intervalo.

Na segunda parte, o FCPorto entrou ... "à FCPorto" dominando e chegando ao empate com golos de Emanuel Garcia e Caio. Contudo, já na recta final do jogo, o Benfica chegou ao 3-2 final, num lance de contra-ataque, para júbilo da impressionante massa humana que preenchia as bancadas. Pelo menos uma delas.

A decisão continua em Fânzeres no próximo Sábado onde, desta vez, com o regresso de Ventura e a ausência de Mariano do lado dos encarnados (foi expulso), o FCPorto irá procurar repôr a vantagem na final.

Mariano Gonzalez

O FCPorto assegurou a aquisição dos direitos desportivos de Mariano Gonzalez por 3 anos e por valores próximos de 3 milhões de euros. O jogador, emprestado pelo Palermo, tem assim a oportunidade de dar continuidade ao bom que mostrou na última época, momento em que mostrou raça e técnica. Fica para já a expectativa.


Nuno chamado para substituir Quim

Uma boa notícia foi a chamada de Nuno Espírito Santo para substituir a vaga deixada por Quim que se lesionou (pena não ter sido Ricardo...), surgindo como uma alternativa que se pode em certa medida considerar surpreendente já que, Eduardo do Vitória de Setúbal, foi um guarda-redes que se destacou ao longo da temporada e Hilário, do Chelsea, também não seria má opção.

Scolari optou por chamar um jogador experiente e grande profissional e, o jogador, que agora será a 2ª escolha na selecção, tem assim um justo prémio após uma época em que, na minha opinião, foi injustiçado por Jesualdo Ferreira.

Fez a pré-época a titular com boas exibições mas, com a chegada de Helton, foi relegado para o banco. Na Taça de Portugal, mostrou qualidades e aquela final, contra o Sporting, terá sido sem dúvida o mote para esta chamada.

sexta-feira, junho 06, 2008

Como disse?

Na Edição de hoje do DN surgem uma notícia inesperada. Será que há uma campanha orquestrada para minar a moralidade dos recém-assumidos paladinos da Justiça? Jogo Estoril x Benfica no Algarve? Quando? Onde? Calúnias!

O processo 'Apito Final' ainda não está fechado. A Comissão Disciplinar da Liga de Clubes deixou em suspenso dois processos e aguarda agora as conclusões do inquérito que a Procuradoria-Geral da República instaurou tendo como base o 'dossier' 'Apito Encarnado'

Liga de Clubes ainda aguarda mais dados da PGR

O "Apito Final" ainda não acabou. A Comissão Disciplinar da Liga de Clubes tem dois processos suspensos aguardando os resultados de um inquérito aberto pelo procurador-geral da República com base no dossier "Apito Encarnado". O documento tornado público em Agosto de 2007, foi entregue à PGR (e também à Liga, Federação e Polícia Judiciária) e pode colocar o Benfica sob a alçada da justiça desportiva no âmbito do processo "Apito Final". Alegadamente elaborado "por um conjunto de funcionários de investigação" da Polícia Judiciária, o dossier denuncia uma suposta dualidade de critérios da investigação do processo "Apito Dourado", e refere "factos" a que " por esquecimento não terá sido dado o devido tratamento". Algumas das denúncias dizem respeito à época 2004/2005, ano em que o Benfica conquistou o campeonato. "Reuniões secretas entre Luís Filipe Vieira e José Veiga com dirigentes da arbitragem" , "reuniões num restaurante de Penafiel entre José Veiga e vários árbitros e árbitros assistentes", "reuniões entre o dr. João Rodrigues com o sr. Pinto de Sousa num hotel de Lisboa" , " a promessa da contratação de um jogador do Estoril antes do "famoso" jogo Estoril-Benfica, no Algarve", são algumas das denúncias feitas no documento anónimo que mereceu a Pinto Monteiro, no entanto, a decisão de abrir um processo de inquérito.

Sabendo disso, a Comissão Disciplinar da Liga de forma a evitar a prescrição que poderia resultar da abertura de um novo inquérito, tomou a decisão de suspender dois processos. Os processos de inquéritos 02-06/07 e 13-06/07 , apesar do arquivamento dos autos na parte respeitante à matéria de facto da deliberação final mantêm-se suspensos por um período de dois meses, a contar da data de publicação do respectivos acordãos - 6 de Maio de 2008 - ( no dia 6 do próximo mês de Julho a situação será revista), conforme se pode ler nas páginas 38/39/ 40 e 110/ 111 dos respectivos documentos. "O prosseguimento do processo visa investigar e aferir do relevo jusdisciplinar da factualidade que possa resultar da informação remetida a esta comissão disciplinar pela procuradoria geral da República".

O DN tentou contactar o Presidente da Comissão Disciplinar da Liga, mas sem sucesso. Ricardo Costa, que ontem esteve reunido com o Procurador Geral da República, manteve durante todo o dia o telefone desligado. O DN também não conseguiu chegar à fala com Luís Filipe Vieira . No entanto, em Agosto de 2007, quando o documento foi tornado público, o líder do Benfica foi claro na reacção: " se a PGR recebeu esse documento, que investigue. E que nada fique por investigar. O Benfica confia e sempre confiou na Justiça". -I.A/T.S.P

A avaliar pela capa d'O Jogo de hoje...

...quer-me parecer que alguém que sustenta toda a sua direcção com base no FCPorto ficou extremamente incomodado com as palavras de Pinto da Costa.

Esclareçam-me lá, quanto tempo de castigo este indivíduo ridículo e pseudo-dirigente apanhou pelas alegações que fez a seguir ao Boavista x Benfica, o tal jogo no qual um certo jogador falhou um penalty, e que depois acabou por desdizer à saída de uma suposta reunião decisiva na Liga?

Obrigado por existires! O futebol sem ti não tinha piada!

quinta-feira, junho 05, 2008

1 Ano sem passar da fase de grupos?

O Comité de Controlo e Disciplina da UEFA anunciou ontem a suspensão do FCPorto da Liga dos Campeões por um ano, com base nos dados fornecidos pela FPF que alegadamente terá "estranhamente" enviado numa primeira instância dados descontextualizados e incompletos. Incompetência ou algo mais? Fica a pergunta no ar para o Sr Madaíl, o paladino da "equidade", responder enquanto responsável máximo da FPF, neste momento de férias na Suiça.

O que é certo é que para já o FCPorto está suspenso por 1 ano embora esta decisão não seja vinculativa e a prudência recomende que se aguarde pelo desfecho do recurso que o FCPorto vai interpor nos próximos dias. No entanto, estou pessimista relativamente a um desfecho positivo do mesmo porque, nestas coisas, a UEFA é implacável (a não ser que os envolvidos sejam clubes italianos).

Para já ficam várias certezas relativamente ao cenário da confirmação do afastamento:

- O FCPorto é o clube português com melhor situação de tesouraria e a venda de Bosingwa confere ainda mais conforto. Se noutras paragens mais turbulentas, "não morre ninguém" por se estar 1 ano sem a Liga dos Campeões, no FCPorto muito menos.

- O FCPorto tem neste momento o melhor plantel de Portugal. Há ainda alguma indefinição relativamente aos lugares laterais da defesa embora, diga-se em abono da verdade, para consumo interno aquilo que o FCPorto tem, chega e sobra. O objectivo será a conquista de todos os 4 troféus em disputa, começando já pela Supertaça.

- Portugal vai colocar 2 ou 3 equipas (o Benfica sai beneficiado de o Getafe não estar na pré-eliminatória e pode tirar partido disso) na fase de grupos e, na melhor das hipoteses deverá colocar duas na UEFA após o término dessa fase a não ser que o Sporting consiga segurar alguma das suas melhores figuras pois, até ver, reforçou-se com qualidade, e passe à fase seguinte. O Benfica vai andar durante uns tempos à procura de modelo de jogo sem Rui Costa e não deverá fazer melhor que no ano passado e o Guimarães já se sabe que é candidato a um 3º ou 4º lugar, não mais.

Ainda assim, caso o recurso do FCPorto seja bem sucedido, tudo isto não passará de um mero exercício de imaginação e, na Liga dos Campeões estarão apenas equipas que conquistaram desportivamente esse direito.