quarta-feira, abril 22, 2009

Estrela da Amadora 2 x 1 FCPorto

Mau desempenho de alguns jogadores de 2ª linha num jogo com duas partes: antes de Fernando e depois de Fernando e no qual, o "critério largo" de Xistra deu nas vistas. Entretanto, finalmente e depois de muitos jogos de insistência, conseguiram arrumar o Hulk.

De positivo, o golo (mais um) de Farias, o regresso de Fucile e a garantia da presença no Jamor. Até lá o FCPorto vai à luta pelos pontos que lhe faltam no campeonato, procurando as 4 vitórias de que precisa para o tão almejado tetra.

5 comentários:

dragao vila pouca disse...

Só vi 12 minutos de jogo e chegou. A entrada de Ney, que arrumou Hulk, foi o meu limite e por isso não sei se o F.C.Porto, jogou bem, mal ou muito mal. A derrota é sempre algo que nos deixa tristes, até porque a nível interno, já não perdiamos há muito tempo, mas, do mal o menos, e o objectivo de estarmos na final da Taça foi atingido.


É normal, atendendo à vantagem da 1ª mão, a que se juntou um golo madrugador e a lesão de Hulk - ver um companheiro sair de maca, deixa sempre marcas -, que a equipa portista, depois de tantos jogos sob pressão, tenha relaxado e com isso sofrido as consequências.
Não é muito grave!


Dia 31 de Maio, lá estaremos no Jamor, frente ao Paços de Ferreira, para tentarmos ganhar a Taça e acabar a época em beleza.

Um abraço

Sete_Luas disse...

Respondendo ao Vila-Pouca, e na minha humilde opinião, o Porto jogou entre o mal e o muito mal. Continuo sem perceber o que ficou Guarin a fazer em campo até ao final do jogo. Actuação desastrosa... Quanto a Hulk, eu sei que andei a dizer que o moço precisava duns tempitos no banco, mas por banco nunca se entendeu BANCO DE HOSPITAL. Arbitragem, nem vou falar, lamentavelmente a única análise que ouvi do jogo foi na rádio, o número de vezes que o comentador repetiu "foram roubados duas grandes penalidades ao estrela ou a sorte deste jogo teria sido outra" levou-me ao limite da nausea quase vómito. Curiosamente não o ouvi falar no lance sobre Tarik dentro da área no primeiro tempo, da mão de Ney tb dentro da área no segundo e do lance entre Fernando e Nelson à entrada da área punido com um amarelo que noutros jogos daria vermelho... curiosidades....
Mas, como diz o ditado, vão-se os aneis e ficam os dedos.. O apuramento foi conseguido e agora venha a final da Taça. E, já agora, fica a dúvida, sendo que os dois clubes finalistas pertencem à Associação de Futebol do Porto e que, os estatutos da FPF determinam que quando tal acontece a final não "tem de ser" do Jamor, qual vai ser a desculpa desta vez para nos mandarem para Marrocos?

pclvarela disse...

Não foi definitivamente uma boa exibição, o Porto sabe fazer muito melhor, a não ser que nos mandem para o estaleiro o resto dos jogadores do plantel....

«Nota 1 para Carlos Xistra, actuação desastrosa errando para os dois lados (...) sendo mais prejudicados os dragões.»

in Jornal "A Bola"

Caetano disse...

Pois, pelos vistos esqueceram-se também do golo mal anulado e do penalty não assinalado na primeira mão... Mas ontem aquilo deu para os 2 lados e deu na perna do Hulk também.

Sete_Luas, não sabia dessa...! Estádio Municipal de Braga? Leiria? Coimbra?

Varela, até a Bola reconhece o facto. Palavras para quê?

Sete_Luas disse...

Caetano: Eu sou um poço de informação... desnecessária LOL. Se queres que te seja sincera, eu faria finca pé para ser na mesma no Jamor. Se nos obrigam a ir para lá todos os anos, para um estádio "neutro" onde as equipas lisboetas jogam SEMPRE em casa, este ano o norte invadia o sul. Se fosse accionista da SAD até me oferecia para pagar a deslocação dos "mesinha de cabeceira" (adeptos do Paços) para sul só para enchermos aquela porcaria com a pronuncia do norte. Agora, parvoices à parte, preferia que fosse no municipal de Braga.