terça-feira, fevereiro 03, 2009

Recordando o dia em que o FCPorto B eliminou o Benfica

O FCPorto prepara-se para amanhã, em Alvalade, entrar em campo com um 11 constituído por jogadores menos utilizados (alguns em estreia na convocatória), como tem sido aliás, tendência nesta Carlsberg Cup, cuja organização, curiosamente, parece ter abusado das amostras enviadas pelo sponsor principal.

Se o Sporting tem, à partida, a vantagem do factor casa, o seu favoritismo parece mais evidente se tivermos em conta a convocatória de uma e outra equipa: o Sporting vai apresentar a melhor equipa possível enquanto o FCPorto deixa de fora o 11 titular, apresentando uma convocatória onde pontuam vários júniores e o "reforço" Andrés Madrid:

Guarda-redes: Nuno e Ventura.
Defesas: Pedro Emanuel, Benitez, Ivo Pinto, Sapunaru e Stepanov.
Médios: Diogo Viana, Sérgio Oliveira, Josué, Dias, Guarin, Andres Madrid e Tomás Costa.
Avançados: Farías, Rabiola, Mariano Gonzalez e Tarik Sektioui.


Ao ver esta convocatória, não pude deixar de recordar um jogo na Luz, em 2001, onde uma equipa algo atípica treinada por Fernando Santos impôs um empate ao melhor Benfica, embora seja verdade que a expressão "melhor Benfica" era então algo relativa.


Sílvio Maric

O Benfica adiantou-se no marcador com um golo de Maniche, médio que depois chegaria ao topo da sua carreira vestido de azul e branco. O FCPorto chegaria depois ao empate através de um croata que passou quase despercebido pelo futebol português: Silvio Maric. O prolongamento nada resolveria num jogo onde o árbitro José Pratas esteve no centro da polémica ao deixar passar em claro uma mão na bola fora da área pelo guarda-redes Pedro Espinha e, mesmo em cima do apito final, ao não assinalar uma falta de Ronaldo sobre Alenitchev, quando o russo partia isolado para a baliza à guarda de Enke.

A eliminatória seria depois decidida categoricamente nas Antas no jogo de desempate, com uma vitória do FCPorto por 4-0 (Alenitchev (2), Pena, Paredes), FCPorto que, depois de eliminar o Sporting por 2-1 (dois golos de Capucho, também nas Antas), acabaria por conquistar a Taça de Portugal ao bater o Marítimo no Jamor por 2-0 (Pena e Alenitchev).


17 de Janeiro de 2001 - Estádio da Luz

Benfica: Enke; Dudic, Marchena, Ronaldo, Escalona; Maniche (R. Esteves, 71'), Calado, Fernando Meira, Sabry (Geraldo, 80'); Van Hooijdonk e João Tomás (André, 102').

FCPorto: Pedro Espinha; Paulinho Santos, Ricardo Silva, Aloísio e Rubens Júnior, Miran Pavlin, Alenitchev, Peixe; Clayton, Romeu e Maric

Fotografia: Dragões sem Chama

6 comentários:

Wolverine23 disse...

A ver se a história se repete, e como não há 2ºjogo, pode ser que os Juniores marquem os penalties bem, he he

Nunca se sabe, e esta equipa do FCP até tem alguns bons elementos e se o conjunto começar a jogar bem, nunca se sabe...

Caetano disse...

Oh... vai ser muito complicado. O Sporting nem sequer têm o Escalona e o Dudic... :P Se ao menos o Ronny tivesse sido convocado...

Sete_Luas disse...

Pessoalmente prefiro a atitude de Paulo Bento à de Jesualdo. Um derby é sempre um derby nem que seja a feijões e se o adversário é um "clássico rival" e vai fazer alinhar a equipa na máxima força, por uma questão de brio acho q s impunha algo um bocadinho mais elaborado por parte de Jesualdo. Sim, eu sei que domingo há vermelhos no Dragão (q promete ser memorável ehehe)e bla bla bla mas não custava nada incluir um ou outro jogador da equipa principal. E não me venham com tangas porque Mariano n conta que não é Jogador... Mas pronto, vamos lá ver no que dá...

dragao vila pouca disse...

Meus caros o F.C.Porto apresenta-se em Lisboa com:
Nuno, internacional português
Sapunaru, internacional romeno,
Stepanov, internacional sérvio,
P.Emanuel, internacional português sub-21,
Benítez,
Guarín, internacional colombiano,
A.Madrid,
T.Costa,
Mariano, internacional argentino,
Farías, internacional argentino,
Tarik, internacional marroquino.

Se isto não conta e não aproveitamos estas oportunidades para colocar estes jogadores a mostrarem o que valem, quando é que eles podem mostrar-se?

Vamos ter calma que o Sporting se quiser ganhar vai ter de dar ao litro.

Um abraço

Caetano disse...

Dragão Vila Pouca, a questão é que apesar de serem maioritariamente internacionais pelos seus países, os jogadores não têm rotina de jogo em conjunto ao contrário do Sporting, o que, à partida, os coloca em desvantagem pelo menos no que a favoritismo diz respeito. Quanto a jogo jogador, claro que a conversa é diferente.

Basta perguntarmos quantos internacionais estavam em campo nos "inesquecíveis" jogos contra Atlético, Fátima, Torreense, etc...

Mas concordo contigo quando dizes que o Sporting ainda não ganhou o jogo e que, para o fazer, vai ter de correr. Aguardemos pois pelos 90m.

Rui disse...

Meus amigos eu acho (tenho absoluta certeza mas pronto) que no Domingo vamos vencer.
PORQUE SOMOS MELHORES,SOMOS MUITO MELHORES ,E EM CONDIÇÕES NORMAIS, NÓS SOMOS MUITO MELHORES.
E EM CONDIÇÕES NORMAIS NÓS VAMOS SER CAMPEÕES.
EM CONDIÇÕES ANORMAIS......................................................................................................................................................................................................................TAMBEM TAMBEM VAMOS SER CAMPEÕES.!................................PUUMMM.!bibó Porto