terça-feira, agosto 25, 2009

Largas histórias contam 1.000 artigos*

Pois é, este blog atingiu a bela marca de 1.000 artigos publicados...! Trata-se de uma marca que vale aquilo que vale, quem for mais dado a simbolismos ficará mais impressionado que outros que pouco ligam a etapas simbólicas, mas 1.000 artigos, diga-se em abono da verdade, é mesmo um número notável.

Pessoalmente, estou muito satisfeito com o percurso realizado até aqui, desde que a 4 de Junho de 2005, a fundadora do Zé do Boné escreveu o primeiro artigo e, ao mesmo tempo, me convidou para participar no blog. Pessoa de fortes opiniões e convicções, aliada a uma admirável lucidez, a Joana foi sem dúvida uma lufada de ar fresco na blogosfera e, tenho de admitir, ler os seus artigos foi simultâneamente para mim um essencial factor de motivação para a participação.

Infelizmente, por vissicitudes da sua vida pessoal, a fundadora acabou por deixar o Zé do Boné mas o seu nome nunca será retirado da equipa, tanto por uma questão de homenagem mas também por corporizar uma secreta esperança de que um dia decida voltar.

O Zé do Boné iniciou a sua vida num período importante da longa história do FC Porto, no defeso em que à Invicta chegaram Co Adriaanse, Lucho Gonzalez, Lisandro Lopez e Helton, cruzando-se com os que partiam entretanto: McCarthy, Costinha e Maniche, encerrando o capítulo da fabulosa equipa de Mourinho que dominou a Europa durante 2 épocas consecutivas e abrindo um novo capítulo de uma história de hegemonia absoluta no futebol português.

De então para cá, e ao longo de 1.000 artigos, o FCPorto venceu 4 campeonatos, 2 Taças de Portugal, 2 Supertaças Cândido de Oliveira e vários torneios de pré-época (pelo que percebi isto conta como campeonatos), razões de sobra portanto para haver inspiração.

Fica em jeito de nota final o agradecimento aos actuais membros da equipa o Wolverine, a Sete_Luas e o Varela, esperando apesar de tudo que consigam ser um pouco mais participativos, e também um agradecimento muito especial a todos aqueles que vão dedicando uns minutinhos a ler as linhas que vão sendo aqui debitadas, umas vezes mais pensadas e outras mais emotivas. Também aproveito para deixar um caloroso abraço ao meu amigo Vila Pouca, tanto pela sua presença assídua por estas paragens, resultando no valioso contributo dos seus comentários, como pelas palavras de felicitações que nos deixou.

Venham mais 1.000!


* Qualquer semelhança com o título de uma qualquer publicação, asseguro, não é mera coincidência

8 comentários:

Sete_Luas disse...

:)

Obrigada eu por me fazeres parte da família... eu vou tentar ser mais activa, prometo. :p *

Jorge disse...

Zé, 1000 é só o arranque, espero estar cá para os 10000! ;)
continua o bom trabalho, tens aqui um leitor assíduo!

abraço,
Jorge
Porta19

Caetano disse...

Sete_Luas, tu tens pinta para isto e és uma portista dos 7 costados. Olha que depois cobro essa promessa! ;)

Beijinhos

Caetano disse...

Jorge, muito obrigado! No que me diz respeito, também gosto de passar regularmente pela Porta 19 para ver o que está a acontecer do outro lado! :)

Abraço!

dragao vila pouca disse...

Caetana e companhia, como vocês merecem mais uma vez parabéns pelo milésimo e venham mais...não cinco, mas mil.

Um abraço

Ah, essa da classificação até pode ser assim, mas é um perfeito absurdo!

Caetano disse...

Mais uma vez obrigado, Vila Pouca! Quanto aos critérios de desempate classificativo, bastava introduzir um critério específico com base naquilo que o José disse em comentário a esse artigo para dar alguma justiça à classificação, até porque, pelo que (não) vi, o FCPorto é ainda a melhor equipa do campeonato e merece estar na frente.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Muitos parabens, que venham mais mil!

Caetano disse...

Obrigado Miguel! Um abraço