sábado, setembro 19, 2009

Sp.Braga-1 / FCPORTO-0

A 1ªderrota do campeonato... Há muito tempo que o FCP não perdia, nem fora nem em casa nesta competição, só perdendo agora contra um adversário que foi melhor em vários aspectos do jogo (o que é bem verdade)...

Mas é preciso perceber porque é que o FCP perdeu este jogo, e para mim, a responsabilidade é inteirinha para a mentalização que os jogadores tiveram para este jogo (Foram eles ou treinador que se mentalizaram dessa forma??? Isso não sei...).

Querer jogar um jogo só com uma estratégia, só de uma forma, resulta às vezes mas não resulta sempre e as transições rápidas não funcionam se o adversário perceber que tendo a bola o FCP NÃO JOGA em ataques rápidos, porque NÃO TEM BOLA, e como o "10" ou "8" do Jesualdo estava no banco, quem PEGAVA NO JOGO???, Ah, o Sp.Braga, com Viana a compensar e a lançar e Mossoró a fazer jogar, e os 3 médios do FCP preocupados em tapar espaços, quando recuperavam a bola o QUE FAZER COM ELA???
É a tal mentalização de uma só estratégia, e quando essa não entra, o que vem do banco???
Ah pois, os equívocos... (para não chamar outra coisa).

3 médios defensivos? É o Chelsea outra vez... o Belluschi está de castigo???, 2 jogos de seguida sem jogar???

Viu-se a diferença, o Braga em 4-2-3-1 (com Viana mais atrás e Mossoró a cair nas alas)...
O FCP a jogar em 4-3-3, tipo matraquilhos, jogadores sem sairem das posições, sem rasgos, ou rupturas perante um bem organizado Braga, desde o inicio do jogo que vi que com a equipa inicial estavamos um pouco (ou muito) só á espera que Hulk resolvesse num rasgo (mas esse Hulk ainda não apareceu este ano em jogos a sério) ou com Varela a tentar servir Falcão, mas sem apoio de um médio é dificil jogar bem ou segurar bem a bola...

Sinceramente não percebo, não percebo porque é que, nos primeiros 4 jogos do campeonato, mesmo no empate contra o Paços, o FCP jogou com um sistema mais ofensivo, com um médio de ruptura, a entrar nas alas (principalmente na direita), e com isso, o extremo desse lado vinha para o meio e apoiar o avançado mais de perto, e ontem contra o Braga, a termos bola esta picava, e os jogadores não percebiam que do banco não viesse nenhuma correcção do sistema ou dos jogadores...

Com isso os jogadores perderam a confiança e quase só com bolas aéreas é que a bola chegava à frente... e já se sabe, com a perda de confiança, que se notou e de que maneira depois do intervalo, vêm os erros defensivos...

Quando Jesualdo mexeu, então que espectáculo! Só faltou meter o Mariano e tirar o Varela, para ficarmos com menos três em campo, o Hulk, que estava ausente, o Farias... e o Mariano...
Não se compreende como é que Jesualdo tira o Meireles e mete o Rodriguez na sua posição, Falcão troca com Farias... ficando Rodriguez a 10??? E Belluschi??? Porque é que ficou de castigo, 2 jogos seguidos?

Logo após as substituições, o Braga marcou, um golo esquisito, é certo, mas sinceramente, desde o inicio da 2ªparte que o FCP não fazia uma jogada com cabeça, tronco e membros, logo, acho que foi merecido. Do banco do FCP, o que veio? Vimos apenas a troca de Hulk para a direita para "tentar" um tiro de sorte com o pé esquerdo quando flectia para o meio, o B.Alves a aparecer na frente mais vezes, o chuveirinho do FCP onde realmente nos descontos podia ter empatado em 2 lances... Futebol... ideias... mecanismos... nada!

Honestamente fiquei desiludido com a qualidade do jogo do FCP neste encontro, foi muito pobre, não saíam passes curtos, os longos também não, e voltar a apostar em 8 jogadores de campo que tinham feito um jogo exigente a nível fisico com o Chelsea, foi o pior que Jesualdo podia ter feito, e o FCP pagou com a derrota...

Esperava Belluschi em campo na vez de Guarin, e se Meireles baixasse fisicamente, tinha alguêm com as mesmas caracteristicas no banco (Guarin), assim, as soluções que estavam no banco parece que não agradam ao Jesualdo, logo, não os colocou em campo mesmo a perder.

Semana longa, esta que se avizinha e sabendo que tanto Sporting como Atl.Madrid gostam de ter bola, talvez Jesualdo e os jogadores tenham de reaprender muito o que perderam nestes dois últimos jogos....

4 comentários:

Orgulhoazulebranco disse...

Um verdadeiro desconsolo.Não sei o que raio se passou nesta semana.
Ficamos "naquela"...afinal,podemos ou não confiar nesta equipa?Podemos ou não estar optimistas?Parece que lhes pára o relógio,às vezes.Não estavam à espera que o Braga entrasse confiante?Não queriam jogar?Não havia vontade de ganhar?É preciso chegar o fogo às calças?

Bem sei que é nestas alturas que a equipa se fecha,se une e dá uma resposta positiva.Só quero que aconteça outra vez =(
Fico inconsolável quando não vencemos,e ainda mais quando é merecido.

Vai ser mesmo uma semana longa...espero que o Jesualdo tenha batido com a cabeça com isto e que pare de inventar.

O ciclo complicado não podia começar pior...

Anónimo disse...

O Lucho faz muita falta à nossa equipa. Falta ordem e concentração. Falta mudar o ritmo nas alturas certas. O Burrualdo não tem mãozinhas para esta equipa.

dragao vila pouca disse...

Quando o melhor sector do F.C.Porto é a defesa - excluindo o Helton -, acho que há muito pouco para dizer.

Uma desilusão. Se após Londres fiquei com a convicção que estavamos no bom caminho e não iamos passar pelo mesmo pesadelo que passamos por esta altura da época passada, agora, depois desta pobre exibição, já não tenho certezas nenhumas.

Se em Stamford Bridge, pelo grau de exigência, até nos podemos conformar com a derrota, ontem, não há nada que possa abonar em nosso favor.
Um meio-campo, onde o melhor, mais esclarecido, mais dinâmico e mais construtivo foi o Fernando, explica muito a nossa derrota justa.
Sem meio-campo não há ataque que resista, embora quer a Hulk quer a Falcao, principalmente, fosse de pedir mais.

Vem aí o Sporting e depois o A.Madrid. O grau de exigência não vai ser o mesmo de Inglaterra. Que Jesualdo seja capaz de encontar o antídoto para resolver a irregularidade e regressar às vitórias.

Um abraço

Caetano disse...

Oh Wolverine, vê-se que estavas irritado com o Jesualdo quando escreveste isto, carago! Respira fundo, homem!

Quanto ao jogo, podemos dizer que o Domingos finalmente se emancipou e deu uma lição táctica ao professor. O Braga foi excelente tacticamente e manietou facilmente um Porto articulado de forma desastrada por Jesualdo que decidiu que o Belluschi joga bem no banco. Deve-se apostar em Guarin, sim senhor, mas como referi, esperava que entrasse com o jogo a decorrer. Para quê inventar se tudo pode ser tão simples...?

Depois do golo (não sei, pode ser embirração mas parece-me que o Helton reage um pouco tarde), mais uma vez Domingos esteve bem nas substituições, refrescando o ataque e o miolo e, ao mesmo tempo, quebrando sucessivamente o ritmo de jogo. Mais uma vez o Jesualdo decidiu ajudar à festa e arrancou substituições "geniais"...

Uma última palavra para Hulk: o homem anda armado em palhaço. Não pode fazer um jogo bom como o fez contra o Leixões, porque a seguir não faz nada de jeito. Ontem foi menos um, sistematicamente perdendo a bola e fazendo passes incompreensíveis. Cada vez que pegava na bola, a bola era devolvida ao Braga. Depois ainda tem o descaramento de vir dizer que andam a tentar estragar o trabalho dele? Qual trabalho? Só se esse alguém for ele próprio...

Fica agora a dúvida: contra o Sporting, que FCPorto iremos ter? Será que este vai ser mais uma vez o jogo da retoma ou a época começará a ficar complicada? (sim porque, noutras paragens onde se aprecia o trabalho de "delegados independentes", começa-se a compreender o porquê de este ano não se achar necessário falar das arbitragens...).