quinta-feira, junho 18, 2009

Obrigado Pedro Emanuel

Yokohama, 12 de Dezembro de 2004

Pedro Emanuel terminou aos 34 anos a sua carreira de futebolista profissional, anúncio que, para além da tristeza, deixa para trás a saudade de um jogador exemplar em termos de dedicação e profissionalismo que foi descrito por José Mourinho como "o treinador em campo".

Confesso que torci o nariz aquando da sua contratação pelo FCPorto ao Boavista por achar que se tratava de um jogador propenso a cometer faltas e sem grande atributos técnicos. Contudo, a pouco e pouco, percebi que Pedro Emanuel superava a sua menor virtude técnica (de facto é limitado nesse aspecto) com uma entrega e dedicação sem igual, constituindo-se como um verdadeiro líder tanto dentro como fora de campo. Aliás, isso ficou bem patente este ano quando este ano, em jogos decisivos, Jesualdo apostou na veterania de Pedro Emanuel para assegurar o lado esquerdo da defesa perante o fracasso nas apostas em Lino e Benitez.

Para trás fica uma longa carreira, recheada de títulos, à qual só faltou uma mais que merecida chamada à Selecção Nacional, algo que seria um autêntico prémio de carreira para o jogador. Pedro Emanuel conquistou uma Taça UEFA, uma Liga dos Campeões, uma Taça Intercontinental, 6 Campeonatos Nacionais (1 pelo Boavista), 2 Taças de Portugal (1 pelo Boavista) e 1 Supertaça.

Em termos de clubes profissionais, Pedro Emanuel representou o Marco (1993, 28 jogos / 2 golos), Ovarense (1994 31j/2g), Penafiel (1995 28j/2g), Boavista (1996 148j/1g) e FCPorto (2002 119j/1g). A título de curiosidade note-se que o golo que apontou pelo Boavista aconteceu na época 1999/2000 contra o Borussia de Dortmund em jogo a contar para a Liga dos Campeões.

Pedro Emanuel irá agora continuar no FCPorto como treinador da equipa de juvenis. Para ele fica um muito obrigado pela sua dedicação exemplar ao FCPorto.

De Pedro Emanuel guardo 3 momentos:

Inter de Milão 3 x 1 FCPorto em 15 de Março de 2005 - Em jogo a contar para a 2ª mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, o jogo não poderia ter corrido pior ao FCPorto que foi completamente manietado pelo Inter. Fica contudo na retina aquele momento em que, já lesionado e tendo pedido para ser substituído, Pedro Emanuel numa incrível demonstração de coragem, com um sprint de quase 50 metros consegue ir evitar em cima da linha mais um golo do Inter. Tendo ficado deitado no terreno foi de imediato substituído.

FCPorto 0 x 0 Once Caldas (8 x 7 g.p.) em 12 de Dezembro de 2004 - Na ressaca da gloriosa época anterior e após a saída de alguns jogadores fundamentais, o FCPorto de Victor Fernandez viajou até Yokohama para disputar a sua 2ª final da Taça Intercontinental, competição que viria depois a ser substituida pelo Campeonato Mundial de Clubes. Num jogo onde os postes e um fiscal de linha amblíope impediram que o FCPorto ganhasse o jogo no tempo regulamentar, a decisão foi para penalties onde nenhuma das equipas parecia querer ceder (já com Nuno na baliza após substituir Baía que se sentiu mal durante o jogo). Finalmente, um jogador colombiano falhou um penalty e o FCPorto ficou com a vitória à sua mercê tendo cabido a Pedro Emanuel a responsabilidade de bater o pontapé decisivo. A sua expressão imediatamente antes de marcar o golo decisivo correu mundo e estabeleceu uma imagem de marca.

FCPorto 3 x 2 Celtic em 21 de Maio de 2003 - Numa final onde a raça e a determinação fizeram a diferença e escreveram uma das páginas mais gloriosas do futebol português, o FCPorto já sem Postiga (então em grande forma e uma das figuras da equipa) castigado por ter sido expulso na 2ª mão das meias finais frente à Lazio, perdeu sucessivamente Jankauskas (no aquecimento), Costinha (aos 9') e finalmente Jorge Costa aos 71'. Para o lugar do "Bicho" José Mourinho lançou Pedro Emanuel que, até ao final, foi um verdadeiro esteio da defesa azul e branca, defendendo e incentivando os companheiros acabando pois por ser decisivo, embora com menos visibilidade que outros.

1 comentário:

Wolverine23 disse...

Grande Capitão e grande jogador, estes 3 momentos mostram a fibra do homem, e por isso o significado que ele tinha no balneário, um verdadeiro lider...