sábado, abril 03, 2010

E em dois jogos...


... 2 golos e 3 assistências. Mais motivos para dar razão à argumentação dos que diziam que o FCPorto estava melhor sem Hulk?

Já agora, foi interessante ouvir o super-juiz da Liga dizer esta semana que não iria recorrer da decisão do CJ da FPF quanto à redução dos castigos a Hulk e Sapunaru uma vez que se tratava de uma decisão emanada de um órgão de recurso e, como tal, teria de ser respeitada.

Curiosa esta súbita inversão de opinião quando, no caso de Rui Cerceira, director de comunicação do FCPorto castigado pelo CD da Liga mas com castigo também ele reduzido drasticamente pelo CJ da FPF, Ricardo Costa não aceitou o castigo e interpôs recurso(!!!) dessa dessa decisão do CJ.

O que mudou? A missão está cumprida?


4 comentários:

dragao vila pouca disse...

Vitória natural, tranquila, justa, com uma exibição quanto baste, um resultado exagerado e um Falcao a voar entre os centrais.

Entramos a oferecer um golo, fizemos o mais difícil, dar a volta, mas depois, como quase sempre, não nos galvanizamos, não fomos à procura do 3º golo e podiamos ter sofrido o golo do empate. Não sofremos e depois do 3-1, tivemos o nosso melhor período, boas jogadas, boas triangulações, Hulk em grande e como corolário, surgiu o 4-1, pelo inevitável Incrível, que já merecia, ele que foi juntamente com Falcao, o homem da noite.

Enfim, cumprimos a nossa obrigação, ganhamos meritoriamente, mas continuamos exactamente na mesma situação: a 5 pontos da Champions, quando falta menos uma jornada e pelo que se viu onteontem, será quase impossível lá chegarmos...

Um abraço e boa Páscoa.

Anónimo disse...

4 assistências... Fez as 3 contra o Belenenses e, salvo erro, marcou o canto para o 2º golo do Falcao.

Caetano disse...

Vila Pouca, o FCPorto só tem de jogar e ganhar os jogos que lhe faltam. As contas serão feitas no fim e então se verá.

Relativamente ao jogo, valeu pela dinâmica da 2ª parte. Gostei da reacção ao golo do Marítimo e -de que maneira!- do golaço do Falcao. Que craque! Abraço!

Caetano disse...

Anónimo, infelizmente só contam as que são validadas pelos árbitros, caso contrário, também teria de contabilizar 24 ou 25 golos do Falcao.

Contemos pois 2 assistências e 1 golo contra o Belenenses e 1 assistência e 1 golo contra o Marítimo.