sexta-feira, outubro 30, 2009

FCPORTO - 1 / Belenenses - 1

Como se constata facilmente, o normal quando se joga mal é perder-se pontos frente a equipas que apenas tentam defender bem no Dragão. Já se tinha jogado mal contra a Académica, e passados 5 dias, novamente um jogo péssimo, sem garra, sem chama, aquela 1ªparte nem merece mais comentários, de tão horrivel que foi... O meu aplauso vai para os adeptos que se deslocaram ao Estádio, acreditando que o FCP ia melhorar o seu jogo e praticar um futebol de alguma qualidade, mas nada...

Para mim, o principal factor do mau jogo do FCP é o meio-campo, hoje nem Fernando jogou bem, e como Meireles está complicativo e Belluschi esteve completamente ausente dos primeiros 45 m., foi um arrastar do jogo, onde nenhum jogador do FCP parecia estar incomodado com o jogo que estavam a fazer, tal era a facilidade com que o Belenenses trocava a bola, ainda que sem o objectivo de criar perigo, apenas de tentarem ganhar metros no terreno e impedir que o FCP pudesse organizar o seu jogo e tentar atacar. E da 1ªparte está tudo dito, deplorável...

Na 2ªparte, Jesualdo fez entrar Falcão e sair Belluschi (ausente, e aqui Jesualdo também esteve mal, pois como vinha de lesão, talvez não estivesse em forma para entrar de inicio, como facilmente se comprovou).

Mas antes que a equipa entrasse sequer no jogo, o Belenenses marca, com um erro de desatenção enorme do Alvaro Pereira, que se esqueceu que o jogo já tinha começado e estava para ali na defesa sem prestar atenção ao jogo. Como Bruno Alves não conseguiu recuperar a marcação do seu jogador, e Helton não faz defesas impossíveis... golo do Belenenses.

Depois o FCP tentou reagir, mas pareceu sempre que o FCP podia marcar mas num lance de chuveirinho, pois ninguém fazia rolar a bola com qualidade pela relva, e isso é muito preocupante. Jogadores sem rasgos, sem força, parecendo que estão a jogar por jogar, o jogo apenas melhorou depois da entrada em campo de Rodriguez para a esquerda, com Hulk a passar para a direita (na esquerda não jogou nada), e o recuo de Mariano para o lugar de defesa direito!!! Sapunaru é um dos tais que parece que está sem vontade de se aplicar no jogo...

Depois desta alteração, o FCP pressionou ainda mais, e num lance de futebol aéreo, com os dois avançados bem metidos na área, Farias remata para o empate, pensou-se que o FCP iria passar a jogar melhor, mas puro engano, sem ninguém que fizesse jogar a equipa, é muito dificil perante equipas bem fechadas criar verdadeiro perigo, e bolas bombeadas são outra história...

Falta CLASSE a este FCPORTO, podem correr, lutar, darem o melhor de si ,que para alguns é bem pouco, mas existe uma tremenda falta de CLASSE nesta equipa, e quando se perde 46 m. do jogo a ver como param as modas, o 0-1 é o que pode acontecer, depois foi sofreguidão, esforço e muita inconsequência no jogo do FCP...

É certo que nos ultimos 10m., sempre que o FCP atacava, criava perigo, pois com tanta gente na frente um golo podia acontecer, 4 exemplos: Rodriguez remata, Nélson defende para a frente e Falcão (completamente desinspirado) remata sem nexo; Rolando a passe de Hulk falha o remate sem marcação; Bruno Alves remata à trave, e Meireles remata a rasar o poste. Foram lances que podiam ter dado a vitória ao FCP, mas em jogo jogado pelo FCP foi uma desilusão, tal a inoperância de alguns jogadores...

Mas o que me preocupa ainda mais é a aparente falta de rotinas da equipa, que depois de 14 jogos oficiais deixa muito a desejar... e se era para isto que Jesualdo pedia que os adeptos fossem ao Dragão, mais valia estar calado...

Helton, não fez o milagre de defender o golo do Belenenses num lance onde o jogador estava isolado...

Sapunaru, parece sem garra, sem chama, a falta que faz o Fucile...

Rolando, tem de ser mais autoritário em alguns lances...

Bruno Alves, está fraco, passes falhados em demasia, e como é ele que tenta fazer jogar a equipa do FCP atravéz de passes longos perante uma defesa baixa, a maior parte dos lances dá em nada...

Álvaro Pereira, falhou clamorosamente no lance do golo, teve algumas boas subidas pela esquerda, mas sem sucesso.

Fernando, também ele não esteve nos seus melhores dias e falhou em demasia, bom nas recuperações, mas pouco mais, com a agravante de ter rematado 2 vezes sem nexo nenhum.

Meireles, fora de forma, não parece jogar motivado, sem alegria e sem conseguir pegar na batuta da equipa, ainda rematou com perigo no ultimo lance...

Belluschi, péssima 1ªparte.

Mariano, não foi o milagreiro como contra a Académica, portanto um jogo normal dele, para o fraco, sem desiquilibrar ofensivamente e regular defensivamente, mas abnegado nas 3!!! posições em que jogou.

Hulk, contra equipas que não lhe dão espaço e sem os colegas do meio-campo lhe solicitarem arrancadas de possivel sucesso, perde metade das hipoteses de desiquilibrar, e como na esquerda estava amarrado, apenas na direita conseguiu ser perigoso, mas falta-lhe ALGO para evoluir perante as dificuldades de jogos destes.

Farias, marcou o golo do costume, lutou na frente, mas como é um jogador lento, não conseguia desiquilibrar noutros lances de velocidade...

Falcão, é estranho, não está lesionado, mas parece ausente do jogo de equipa, sem parecer saber os terrenos que pisar, parece ser dos que sente mais a falta de um nº10 que lhe dê bolas de qualidade, ganhou a bola no lance do golo, falhou um golo escandaloso e pouco mais...

Rodriguez, outro que devido às lesões está completamente fora de forma, entrou num periodo dificil do jogo, foi pouco solicitado em desmarcações e sem ser um remate potente que Nélson defendeu, foi pouco interventivo no jogo.

Guarin, entrou para a meia direita para o lugar Mariano, para dar outra força ao meio-campo, mas não foi a chave do jogo...

Jesualdo Ferreira, EU esperava um jogo com outra qualidade do FCP, sabendo que as equipas percebem que se forem jogar fechadinhas ao Dragão dificultam muito a vida à equipa da casa.São necessárias rupturas, agressividade no sentido positivo, querer ganhar acima de tudo, garra, capacidade de passe, triangulações...

Acima de tudo é vital não dar constantemente 45m de jogo sem nada disto... e como aos jogadores lhes falta classe, parece um deserto de ideias, que confesso, já adivinhava, pois a qualidade do jogo do FCP desde há alguns jogos tem sido deprimente...

Arbitragem, invalidou na 1ªparte um golo ao FCP que podia ter mudado o rumo do jogo, lance de dificil analise, pois o Arbitro entendeu que foi Meireles que fez o passe para Farias (que estava deslocado) quando na realidade foi um corte do defesa e por isso o arbitro analisou mal este lance... com possivel influência no resultado.

7 comentários:

Roach disse...

Que tristeza. Nunca tinha chegado ao fim da primeira parte dum jogo do FCPorto a bocejar e com vontade de estar a ver outra treta qualquer na tv.

Admito que trocas de flanco entre dois alas durante o jogo pode beneficiar uma equipa, mas sempre que vejo o Hulk jogar na esquerda, ele vê-se aflito para meter a bola para o pé com que remata melhor e desperdiça várias jogadas. Já o Rodriguez, são MUITO raras as vezes em que o vejo fintar para a entrada da área e rematar de esquerdo.

Quanto ao Mariano, é sempre demasiado trapalhão para conseguir desiquilibrar. O jogo com o Académica fica mesmo para a história, porque não me parece que ele volte a fazer um assim nos próximos anos. Foi bonito ver o público puxar por ele, mesmo quando perdia uma bola. Mas parece que não chega.

Agora é que dava jeito ter o Varela a 100%

Já agora, o Prediger e o Valeri onde andam? Pelo que li, Prediger fez um bom jogo contra o Sertanense. Mas parece que ele tem uma cláusula em que se ele jogar mais que x jogos, o Porto paga mais. Tendo em conta o estado do nosso meio-campo, bem que o punham a jogar.

dragao vila pouca disse...

Jesualdo no fim do jogo: «Não é fácil jogar em espaços reduzidos, sem possibilidade de aplicar o nosso processo».

Penso que não é preciso dizer mais nada e pela voz do treinador temos o assumir que somos uma equipa de contra-ataque e frente as estas equipas que só defendem, não saem para jogar e raramente atacam, temos problemas.

É isto, mas é isto, não de agora, mas desde sempre.

Impressionante a falta de coragem para mudar, quando e ainda na 1ª parte, já entrava pelos olhos dentro que ia ser mais do mesmo. Impressionante a incapacidade para ler bem o jogo e tirar um coelho da cartóla...

Não peço a cabeça do treinador, nem atiro a toalha ao chão, até porque na época passada e no pior dos cenários, estavamos na mesma posição. Mas alguém vai ter de fazer qualquer coisa e dar o grito do Ipiranga que Jesualdo não dá.

Um abraço

Orgulhoazulebranco disse...

Deus,Alá,Buda,Jeová...acabei o jogo a pedir a todos eles mais um mísero golo,um que fosse,apenas para não perdermos pontos...ao que eu cheguei!Pedir aos santinhos todos para um golo frente a uma das piores equipas do campeonato *suuuspirooo*
Não há imaginação,não há criatividade,não há rasgo,não há fio de jogo.

No entanto,e isto é uma daquelas coisas que eu não consigo explicar,tenho a sensação que esta perda de pontos foi a melhor coisinha que podia ter acontecido ao Porto...talvez sirva para acordar a (grande)equipa adormecida,talvez lhes faça bem.Pq enquanto iam ganhando....

Jesualdo tem "material" para fazer "desenhos" diferentes.Vai ter mesmo que mudar.E não pode ser só uma ou outra coisa...


Saudades do 3-4-3 ...

Gaspar disse...

Não vi o jogo, mas vi resumos e resumos e ouvi comentários. Parece que, há semelhança com os jogos frente ao Apoel e à Académica, apenas jogámos bem na segunda parte, e mesmo assim sofremos.
Não percebi o porquê de Falcao começar no banco.
Farías foi, mais uma vez, o marcador de serviço, e acho que cada vez mais Jesualdo Ferreira deve apostar nele ao lado de Falcao.

Gaspar
http://odragaozinho.blogspot.com

John Aarson disse...

Mesmo por 5 euro, ir ao estádio para ver uma cagada destas, não compensa :S Já começa a ser sériamente preocupante quando jogadores que não vieram recentemente de lesões: Hulk, Mariano, Meireles, e na sexta feira, Falcao, fazem exibições destas. Simplesmente incrível. Que se passará para haver esta baixa tremenda de forma?

Caetano disse...

É extremamente deprimente assistir neste momento às primeiras partes dos jogos do FCPorto e pergunto-me se não seria legítimo fazer um desconto de 50% a quem paga bilhete para ir assistir a este género de espectáculo.

Quanto aos jogadores, é difícil perceber aquela sobranceria toda e o porquê de parecer que não estão muito preocupados em concentrarem-se muito em prol da equipa.

Se o Sapunaru não melhorar, que jogue o Tomás Costa. Se o Meireles não atina, que jogue o Guarín que atravessa um momento interessante e tem vontade de se mostrar.

Agora começou a dúvida entre Farias e Falcao. Já ficou provado que, para Farias, que parece ter a veia goleadora mais activa neste momento, a coisa resulta melhor em 4-4-2, então que ponha os 2 em simultâneo e que se organize o meio campo com Fernando, Guarin/Meireles, Belluschi e Hulk nas costas dos avançados.

Seja como for, com esta ou aquela táctica, a única certeza é que as coisas não resultam sem aquilo que neste momento mais faz falta: ATITUDE.

Sete_Luas disse...

ISto só me deixa perguntas...

1) fui só eu que achei estranha e descabida a equipa inicial?

2) Após os primeiros 15m aquele santinho ainda não tinha percebido q aquilo não ia resultar assim? Porque fazer substituições tão tarde?

3) Há algum decreto normativo local que proiba tirar Hulk do jogo quando ele não está a fazer porra nenhuma?

4) Há algum decreto normativo NACIONAL pelo menos 80 minutos mesmo que só esteja a fazer caca?

5) VAi ser isto contra o APOEL.