terça-feira, março 24, 2009

O Jamor é já ali

O FCPorto impôs-se com naturalidade a um Estrela da Amadora brioso no seu esforço e cujos jogadores deram mais uma vez uma prova de dignidade, conhecida que é a sua situação salarial.

Jesualdo optou por deixar no banco Rolando e Hulk, dando oportunidade a Stepanov, que não comprometeu e até revelou concentração em alguns lances de perigo do Estrela, isto apesar de mostrar algum nervosismo ocasional (joga pouco e já está "queimado" de situações anteriores), e Mariano, que assim viu premiada as suas boas exibições recentes.

O FCPorto entrou forte na partida, à semelhança do que ultimamente tem acontecido, pressionando e criando boas jogadas de ataque, e só a equipa de arbitragem impediu que tivesse chegado cedo à vantagem invalidando um golo de Lisandro Lopez por alegado fora de jogo (estaria talvez 5 ou 6 metros mais recuado que David Luiz no "melhor golo da sua carreira" contra o Braga na Luz).  Mais tarde, outro momento de grande nível da equipa de arbitragem, que não viu um penalty do tamanho dos Clérigos que - pasme-se! - até os comentadores da TVI foram peremptórios a reconhecer.

Seja como for, apesar do "handicap" da arbitragem e dos falhanços de Lucho (esteve pouco concentrado), o FCPorto assegurou uma vantagem que lhe dá alguma tranquilidade na deslocação à Amadora e que irá permitir a Jesualdo fazer algumas poupanças neste difícil mês de Abril.

O Jamor é já ali! 

4 comentários:

bLuE bOy disse...

O Pulgedo Stadium com estilo arquitectónico Hitleriano, vai voltar em breve, muito em breve a receber o TRICampeão... falta só mais um bocadinho!

Caetano disse...

Lol "Pulguedo Stadium" Essa ainda não conhecia. :)

Esperemos que sim! E para ganhar!

Wolverine23 disse...

E não fora a tendênciosa arbitragem e o constante falhar de golos de forma escandalosa, teria ficado resolvida a eliminatória com um 4 ou 5 a 0 e iriamos á Amadora com a segunda equipa, pois naquela altura interessaria fazer descansar jogadores para o Campeonato e (espero eu) as meias da Champions.

Abraço

Caetano disse...

Bom, com vantagem de 2 golos, pelo menos, já dá para fazer alguma gestão e deixar meia dúzia de titulares de fora. O meu maior medo é que o Jesualdo decida que pode poupar 11 jogadores... A ver vamos.