quarta-feira, março 11, 2009

FCPORTO - 0 / Atl. Madrid - 0

Quando um empate a zero dá uma passagem aos quartos de final da Champions!!!
Foi um FCP, que durante a maior parte do tempo mandou no jogo e teve uma boa gestão da posse de bola e um bom controlo do jogo.
Nos primeiros 15m. só deu Porto, que entrou forte e empurrou o Atlético para a sua defesa, e só a partir dos 20m., é que o Atlético começou a ter bola e a estender o seu futebol também para a frente, talvez o facto de ter jogado Pongolé, (que não existiu) e retirou um pouco Maxi Rodriguez do flanco direito, muitas vezes estava pelo meio-campo, e como o FCP soube sempre anular Aguero, pois B.Alves esteve muito bem nessa função e com Simão a produzir o seu normal no Dragão, ou seja, nada.
É verdade que no periodo em que o jogo esteve equilibrado, e com maior velocidade dos jogadores de parte a parte poderiam ter surgido as imprecisões de marcação, mas a defesa do FCP esteve sempre muito forte nesse aspecto, pois os jogadores estiveram muito concentrados, e como o meio-campo esteve enorme, pois conseguiam chegar antes á bola e controlar melhor o jogo, e nesse aspecto Meireles esteve inesgotável, correndo Km's e tapando muito bem os caminhos, também Fernando esteve impecável nas coberturas e no apoio aos centrais, sempre pronto para a luta, e Lucho conseguia aparecer muito na frente, pela direita e com isso provocar desiquilibrios na defesa contrária, pois com isso aparecia quase sempre sozinho e dai podia gizar o futebol do ataque do FCP.
E no ataque, Rodriguez pela esquerda, sempre muito bem tácticamente, e a esticar pelo seu flanco e provocar alguns estragos, e como Lisandro e Hulk lutaram até á exaustão...
E durante a 1ªparte, com o jogo repartido, foi o unico periodo onde o Atlético teve realmente hipoteses, na 2ªparte e com o arriscar por parte do seu treinador, isso fez com que o FCP e o seu meio-campo tomasse conta do jogo, fazendo muito bem a temporização dos tempos de defesa e de ataque, e na 2ªparte foi um FCP novamente a fazer lembrar Madrid, e só em bolas paradas podia ter sofrido algum dissabor, mas mesmo ai estiveram impecáveis na zona central da defesa.
E foram varias as hipoteses do FCP marcar:
56m. Lisandro remata forte á figura do GR e não segura a bola e quase assiste um avançado do Porto;
59m. Hulk começa a aparecer mais dentro da area e cria um lance de possivel penaltie pela direita, talvez bola no braço;
71m. Raul Meireles de livre obriga o GR a grande defesa;
72m. E do canto Rodriguez fulmina de cabeça, mas o GR faz uma enorme defesa;
77m. Lucho remata de fora da area e o GR defende como pode;
78m. Hulk acerta na trave na marcação de um canto, quase directo;
81m. Hulk cruza para Lisandro mas o GR desvia a bola, quado Lisandro já estava pronto a marcar;
82m. Lisandro após um passe excelente de Meireles passa o GR mas de angulo apertado remata ao poste.

Se destas possiveis hipoteses tivesse surgido um golo, ou dois, concerteza não haveria tanto sofrimento e a vitória seria mais que merecida, pois após as duas mãos, o FCP foi muito melhor que o seu adversário e merecia pelo menos uma vitória.
Claro que nos ultimos minutos o Atlético apostou tudo na frente e em algum lance e má leitura de jogo por parte da defesa podia ter surgido algum dissabor, mas também é verdade que o Atlético nunca mostrou ter capacidade de se transcender e criar perigo para Helton, mas alguns livres podiam criar perigo, felizmente assim não foi.
E como Jesualdo guardou as alterações para o fim e com isso foi quebrando o possivel ritmo do adversário...
E desta forma, como o jogo seguiu ao longo dos minutos, os jogadores concerteza cresceram enquanto equipa, pois conseguiram em quase todos os momentos ter estabelidade emocional para um jogo destas dimensões, o que é muito bom para os próximos desafios.
De negativo, os dois amarelos de Rodriguez e Hulk por protestarem, eles até podiam ter razão, mas na Europa dá amarelo, e com um pouco mais de intelegência era escusado.
O arbitro, para mim era penaltie sobre o Simão na 1ªparte, mas fica também um penaltie sobre o Lisandro na 2ªparte por assinalar, e se a isto juntar-mos a pancada que o Perea e o Ujfalusi deram aos avançados do FCP, concerteza com um arbitro mais rigido não teriam acabado o jogo, pois o arbitro não quis mostrar amarelos logo no inicio e permitiu este tipo de jogo "sujiu".

Os jogadores:
Helton, tirando um ou outro cruzamento, onde acho que se deveria fazer á bola, esteve bem e seguro atrás.
Sapunaru, conseguiu em 2 jogos anular Simão, o que sinceramente também não me parece dificil, pois os movimentos deste são sempre os mesmos, tornando-se um jogador previsivel quando joga na ala, de resto Sapunaru bem no apoio dos centrais.
Rolando, bons cortes perto da area, sempre atento nas marcações, no periodo em que o jogo esteve mais movimentado pareceu um pouco receoso, mas no fim esteve impecável num corte de alguma dificuldade.
B.Alves, foi o 1 a tentar o golo, de livre, e esteve muito bem sobre Aguero, que pelo lado dele nem se viu, e apenas cometeu duas faltas sobre um jogador deste nível.
Cissokho, não esteve mal, mas ainda peca por algum mau posicionamento, ás vezes encosta-se demasiado aos centrais e deixa muito espaço na ala, outras vezes é batido por dentro, aspectos a melhorar, mas ainda assim, nunca virou a cara á luta e soube subir bem no terreno.
Fernando, qual PAssunção, qual quê..., Fernando é um mouro de trabalho, pode faltar alguma orientação e prespicácia ofensivamente, mas a defender esteve muito bem.
R.Meireles, enorme, para os espanhois foi de longe o melhor em campo, e fez passes muito bons, soube posicionar-se muito bem de forma a conseguir ser o 1 a defender e o 1 a partir para o ataque, mas com clarividência, muito batalhador na recuperação da bola e obrigou o GR a uma grande defesa.
Lucho, pareceu mais ausente em alguns periodos, mas tácticamente esteve quase sempre no seu sitio, e sendo certo que ás vezes o se lhe pede é que organize sempre o jogo do FCP, isso nem sempre é possivel, mas parece estar fisicamente melhor e a conseguir colocar em campo as suas potêncialidades, como os remates de longe, onde por pouco não marcou, mas o GR defendeu.
Rodriguez, um poço de energia, a defender e no apoio a Cissokho e sempre a esticar o jogo, pois foram várias as vezes em que ultrapassou em velocidade o seu adversário, mas nem sempre com eficácia na hora de decidir, proporcionou a defesa do jogo ao GR do Atlético ao cabecear uma bola de defesa quase impossivel.
Lisandro, seja na frente, seja pela direita, pois trocava muito com Hulk, esteve incansável e merecia ter marcado neste jogo, pois várias as vezes teve bons pormenores, e rematou ao poste num lance já perto do fim, também foi bastante sacrificado pelos defesas.
Hulk, em alguns momentos pareceu ausente do jogo, mas quando arrancava, ou era travado em falta dura ou causava perigo, e com isso já perto do final teve alguns pormenores excelentes, e ainda tentou o canto directo levando a bola á trave.
Tomás Costa, entrou para defesa direito e não comprometeu.
Mariano e Farias, entraram para gastar tempo, e bem.

Um FCP que merece pelo seu percurso desta época chegar aos 4ºfinal, pois foi 1º do grupo e agora é acreditar até ao fim, pois é possivel esta equipa fazer um brilharete, pois parece fadada para jogar em transições rápidas, mais de acordo como se joga na Europa e menos em Portugal, com os famosos autocarros... Mas com tantos colossos não será fácil...

PORTOOOOO!!!! de Honra!!!!

6 comentários:

o que me vier à real gana disse...

Olá, boa noite!

Cheguei aqui através do blogue do amigo Dragão Vila Pouca.

Bom aqui tb

Ah, sou um desacomodado lagarto!... Que admira o FCP

dragao vila pouca disse...

O sonho continua...

Com dificuldades, com sofrimento, mas com uma justiça, que nem os nossos piores inimigos, ousarão, questionar. Fomos melhores, muito melhores, no conjunto das duas-mãos e só um super Leo Franco, evitou hoje, tal como em Madrid, que o F.C.Porto ganhasse...tranquilamente.
Depois de uma primeira-parte pouco brilhante, em que apenas controlou e deixou a bola ao adversário, que nunca criou perigo, o F.C.Porto arrancou para uma segunda metade de grande qualidade e superioridade, que por só por acaso, não lhe deu a vitória que merecia e que nos teria poupado a um sofrimento, que durou até ao último minuto.

É preciso recordar, que para aqui chegarmos foi preciso passar por muito, estivemos caídos e até fomos maltratados - após o Arsenal em Londres -, mas com a alma, raça e espírito do Dragão, levantamo-nos, demos a volta por cima e estamos a fazer a melhor campanha, depois da conquista histórica, da C.League de 2004.
Uma pergunta: alguém pode chegar aos oito melhores da Europa, com um plantel fraco? Não, não pode! Como disse há meses atrás, não temos o melhor plantel do Mundo, mas também não é tão fraco, como o pintam alguns.
Agora venha o Diabo e escolha, na certeza porém, vão ter de dar tudo, para passarem por cima de nós.
Não posso esconder a alegria por este feito. Mais uma vez respondemos dentro do campo, às faltas de respeito, às insinuações torpes e ordinárias, às campanhas dos medíocres e invejosos, dizendo alto e em bom som, que somos de longe, o MELHOR CLUBE PORTUGUÊS.

Um abraço

Sete_Luas disse...

Eu não sei se sou eu que não percebo nada de futebol. Eu não sei se vi um jogo diferente do resto da malta. A única coisa que sei é que vi uma equipa portuguesa (a única capaz d tal feito) jogar um futebol ao nível do melhor europeu. Sai do jogo com a sensação de poder estar a sair de um "Old Trafford", ou um "Camp Nou". Faltou o golo e seria ouro sobre azul, há dias que a bola simplesmente NÃO ENTRA!!!!! E a convicção desta "superstição" aumentava exponencialmente o estado de nervos porque bastava um deslize, um azar e a eliminatória ficava virada do avesso. Mas esta qualidade de jogo deixa-me uma dúvida: como é que uma equipa destas, capaz de uma prestação a este nível, me faz jogos (e desculpem-me o termo) merdosos como os que tem feito para o campeonato? Adiante...
MAis uma dúvida, alguém ficou com vontade de agredir um colchonero? É que vou-vos dizer, n tenho nada contra espanhois (Quer dizer tenho um bocadinho mas n é para aqui chamado)mas todos aqueles com que me cruzei pelo caminho eram verdadeiramente detestaveis. Mal encarados. Mal educados. Com a mania q isto era tudo deles. Já para n falar nas LAMENTÁVEIS cenas de pancadaria que eu sei que eles não são os unicos culpados mas que foram em 90% das vezes provocadas por eles. O jogo, ora o jogo... Nunca resta mto para dizer depois duma análise destas não é? Ficam os destaques do costume:

- Lisandro: Já tinha saudades de um jogo assim de Lisandro.É certo que nos jogos para as competições europeias o vejo SEMPRE esforçar mto mais mas, neste jogo esteve em grande.

- Meireles: GRANDE RAUL, esforçado em todo o comprimento do campo, defendeu, organizou jogo, atacou e só n marcou não sei como (nem eu nem o Sr. guarda-redes adversário); É, para mim também e sou portuguesa, o homem do jogo.

- Bruno Alves: Um senhor. Estava com medo do temperamento volátil e a adivinhar que os nervos À flor da pele iam resultar em faltas feitas e desnecessárias em zonas perigosas mas, enganei-me. Sim, há o lance com o Simão, mas sou-vos sincera (e facciosismos à parte) n sei se era falta ou não [e sim, já via a repetição do lance à lupa em casa para aí umas 20 vezes], de qualquer das formas foi desnecessário e arriscado;

- Hulk: Aquele amarelo... bahhh!! Mas coitadinho, que massacre àquelas pernas.

- Rodriguez: sempre em alta. Sempre no melhor rendimento. Sempre no máximo esforço. Sempre com energia para dar. Gostei de ver alguns lances em que abandonava as laterais para jogar mais ao centro, penso que correu mto bem.

E pronto... o resto já foi dito... Venham os quartos e, de preferencia, não o Manchester. :p

Caetano disse...

Um jogo ao melhor estilo das grandes noites europeias do FCPorto, com intensidade e emoção até ao fim!

Algumas falhas individuais Sapunaru, Cissokho, Helton... que felizmente não tiveram consequências e 2 adversários com um melão na bagagem: Assunção e Simão.

Agora, como diz o grande Artur, funcionário do IP Guarda que hoje foi trabalhar com uma camisola do FCP, venha o Bayern porque é o mais fácil!

Ultras FCP disse...

Cada dia que passa, eu mais me orgulho desta equipa do FC Porto, que apesar de passar por algumas fases menos boas, encontra-se actualmente com uma postura em campo mais madura, mais segura, com mais precisão, com jogadas construtivas e passes de bola excelentes, com uma visão de jogo extraordinária, muito organizada, é uma equipa feliz em campo sem dúvida dá gosto ver uma equipa assim a jogar.

http://ultrasfcportomatosinhos.blogspot.com

GaCoMoSi disse...

Parabéns amigos portistas!

Dignificaram o país, uma vez que o meu Sporting não foi capaz!

Devo confessar que estive à espera de um penálti do Simão aos 93m....

Mais uma vez parabéns e tragam o caneco, nem que seja só para ultrapassar a lampionagem!

Saudações LEONINAS!