terça-feira, novembro 25, 2008

Fenerbahçe-1 / FCPORTO-2



FCPORTO qualificado para os 8ºfinal da Liga dos Campeões com inteiro mérito, depois de uma primeira vitória inicial, uma goleada frente ao Arsenal e uma derrota em casa, e com apenas 3 pontos em 3 jogos, pensou-se o pior, mas o FCPORTO fruto de 2 vitórias seguidas fora de casa, (o que não é nada fácil de conseguir na Liga dos Campeões), conseguiu superar-se e apurar-se com inteira justiça.

Neste jogo, Jesualdo colocou a equipa inicialmente em 4-3-3, com Fucille na direita e P.Emanuel na esquerda, e com 3 médios muito lutadores no meio-campo, Fernando, T.Costa e R.Meireles que lutaram imenso, controlaram o jogo defensivamente e ainda apareceram algumas vezes na frente no apoio aos avançados, aqui Jesualdo jogou com Rodriguez a extremo esquerdo, a jogar por dentro quando aparecia no apoio ao ataque e principalmente a fechar na ala esquerda no apoio claro ao defesa esquerdo P.Emanuel, Lisandro jogava na direita (na teoria), mas jogou mais vezes solto nas costas de Hulk que esse sim, jogava na frente de ataque.

Com esta estratégia, e tirando os minutos iniciais de vários sobressaltos desnecessários, mas porquê a equipa não encaixou logo no jogo, e teve problemas, o FCP controlou o adversário de forma eficaz e ainda criava lances de perigo, sempre que acelerava o jogo, claro que os golos do Lisandro deram outra moral á equipa, e os jogadores acreditavam com o passar do minutos que era possivel já a qualificação, sendo que T.Costa ainda atirou ao poste num contra-ataque perfeito, passe longo de R.Meireles e chapéu quase perfeito de T.Costa.

Na 2ªparte, com o adversário a colocar mais homens na frente e a pressionar mais alto, o FCP colocou Rodriguez mais atrás, quase a par do duo T.Costa (direita) e R.Meireles (no meio), com Rodriguez a fechar na esquerda, e Lisandro na frente em constante pressão ao lado de Hulk que também ajudava atrás sempre que necessário.

Com isto o FCP continuou com o dominio e controlo do jogo e só por inépcia de Hulk que se isolou, mas que não foi eficaz no remate á baliza é que não se fez o 3-0, depois num remate inesperado que tabela em B.Alves e trai Helton que ficou sem hipotese de defesa, com isso o Fenerbahçe ficou mais perigoso, mas o FCP soube sempre controlar as emoções e os principios básicos de jogo, Jesualdo ainda colocou Guarin no lugar de T.Costa e Mariano no lugar de Rodriguez, mas a principal alteração foi a entrada de Pele (saida de Hulk) para a frente de Fernando, colocado assim a equipa num 4-1-4-1, com Guarin na direita, Mariano na esquerda, e Pele e R.Meireles a pressionarem no meio, deixando Lisandro sozinho na frente, claro que na fase final já interessava mais era não deixar o adversário criar perigo ou avançar no terreno de forma perigosa, objectivo que foi cumprido, ainda que com alguns sobresaltos, principalmente na esquerda da defesa onde P.Emanuel ás vezes não tinha ajuda e o adversário directo embalava com perigo.

Jogo táctico muito bem conseguido por parte do FCPORTO, com uma vitória que podia ter sido por outros numeros, agora é disputar no Dragão o ultimo jogo contra o Arsenal e vencer de forma a atingir o 1ºlugar do grupo.

Quanto aos jogadores, Helton com boas intervenções sempre que foi chamado, Rolando e B.Alves (assistência para o 1ºgolo) muito bem em vários momentos de jogo, ainda que 2/3 falhas que não podem ter, Fucille (assistência para o 2ºgolo) na direita muito bem, claro, é o nosso melhor lateral, seja em que posição, basta estar em forma, P.Emanuel tapou a posição, mas sempre por dentro, e como já não tem velocidade, teve problemas vários do seu lado, mas foi leal e abnegado na sua luta.

Fernando foi o homem chave, pois na sua área de intervenção ajudou e tapou as jogadas do adversário de forma eficaz e ainda distribuiu bem o jogo aos coloegas, permitindo com isso que T.Costa (que ainda atirou ao poste) e R.Meireles pusessem pressionar alto, como tanto gosta Jesualdo, e estes dois numa bitola bastante boa controlaram o jogo, a bola e o adversário no meio-campo (zona fulcral).

Rodriguez, partindo mais detrás, teve dos seus melhores jogos pelo FCP, fechando bem e aparecendo em velocidade na frente, mais de acordo com as suas caracteristicas, Lisandro marcou 2 vezes, na sequência de jogadas de intelegência e persistência da sua parte, além de ter corrido Kms na frente e na pressão, Hulk aguentou muita porrada, segurou bem a bola, apesar de ainda perder muitas bolas infantis e decidir mal o passe final, ainda falhou um golo isolado, mas lutou Qb.

Guarin, Mariano e Pele souberam interpretar muito bem o esquema táctico da equipa e juntaram-se aos colegas da equipa em abnegação , concentração e com isso o FCP quase nem sentiu a falta de Lucho, passando assim esta fase de grupos com mérito pela 3ªvez consecutiva.
Agora é recuperar terreno no campeonato e ter visão para encontrar um defesa esquerdo de qualidade, com poder fisico, mas também bom a subir, é essa a principal falha na equipa e que deve ser corrigida quanto antes.

5 comentários:

Sete_Luas disse...

É a primeira vez, desde o início da época, que posso falar em boa tática por parte do FCP. É preciso ver que este Porto funciona se o souberem aproveitar e o jogo de ontem foi um belo exemplo.

dragao vila pouca disse...

A crónica da morte do F.C.Porto, era, como se viu, manifestamente exagerada.
Passado o período de crise, com origem, no alfaiate de Mirandela, que pareceu desorientado, a equipa portista conseguiu encontrar-se e em dois jogos decisivos, ainda por cima, fora de casa, ganhou e atingiu o objectivo de chegar aos oitavos-de-final.
Ontem, como em Kiev, o F.C.Porto conseguiu um bom jogo, com uma exibição globalmente, muito conseguida, melhor na 1ª parte que na 2ª, mas e porque mais uma vez - isso tem que ser melhorado -, não soubemos matar o jogo e mais uma vez, sofremos um golo esquesito.
Também acho que já podemos concluir: esta equipa tem carácter, tem crença, tem alma e ao contrário do que muitos apregoavam, tem qualidade.
Agora que as coisas parecem encaminhas, vamos atacar a Liga portuguesa, pois queremos e temos capacidade para isso, ganhar o tetra.
UM abraço

Visconde disse...

Parabéns, pelo que fez nos últimos 2 jogos, é justo este apuramento.
Vamos ver é se o Jesualdo não tem medo de vencer o Arsenal em casa.

SL

Wolverine23 disse...

Uma adenda ao tema Lisandro, que marcou só os golos que nos permitiram a passagem aos 8ºfinal, (lembro que já em Kiev foi ele que pegou na bola no meio campo defensivo, tabelou com Hulk e já em esforço cruzou para Lucho, que isolado facturou...), com isto é mais uma voz que acha triste a maneira de festejar os golos de Lisandro, não sei se é uma critica silenciosa á SAD ou não, sei é que este jogador é o Porto em campo pela sua entrega aos jogos durante os 90m., fossem todos como ele e concerteza o FCP estaria melhor.

Por mim, podia-se vender o Farias e com o dinheiro resultante aumentar o salário do Lisandro, e talvez em vez de ele jogar a 110%, talvez passa-se a jogar a 120%.

Quanto ao jogo, excelente, e o FCPORTO mostrou que a derrota em casa com o Dinamo foi só um acidente de percurso.

Claro que só o melhor FCPORTO pode fazer frente aos colossos da Europa, a ver como estaremos para o ano, e se a equipa estiver mais rotinada em 4-4-2, talvez fosse mais adequado para este nível.

E esperar que Jesualdo não invente nos jogos decisivos para ver se chegamos mais longe este ano, pode ser o Treinador do Porto ,mas ainda assim não me convenceu.

dragao vila pouca disse...

Wolverine23, meu caro, a Sad já está a tratar do assunto.
Um abraço