quarta-feira, setembro 10, 2008

A gargalhada continua...

O dia de hoje foi preenchido com mais duas situações em que a falange vermelha não se privou de se cobrir novamente de ridículo... ou de alcançar com sucesso o objectivo de espalhar novamente uma gargalhada pelo país.

Primeiro foi a anunciada denúncia de uma alegada agressão a Nuno Gomes perpetrada durante o último Benfica x FCPorto por Cristian Rodriguez. Quando ouvi o clamor perante a barbaridade da agressão fiquei preocupado, confesso. Pensei até "Tu queres ver que se a pancada tiver sido no sítio certo o Nuno Gomes até é capaz de começar a jogar à bola?".  

Afinal não se confirmou mas o Benfica decidiu avançar com a denúncia para a instauração de um processo sumaríssimo. Quanto a mim, em boa hora o fez uma vez que, se por alguma possibilidade ela fosse tida em consideração, o FCPorto estaria em condições de despoletar a suspensão de meia equipa do Benfica por tudo aquilo que se verificou na grande área aquando da marcação dos cantos contra o Benfica.

Para quem quiser deprimir um bocado, aqui ficam as imagens da bárbara agressão que passou sem castigo:




Ups! Perdão! Estas imagens referem-se não a Nuno Gomes no limiar de ter uma perna partida mas sim de Nuno Gomes no limiar de partir uma perna. As imagens que queria mostrar são estas:



Mais alguém está baralhado com aquilo que o comentador residente do Benfica estará a tentar provar?

Bom, mas como uma piada nunca vem só (tomei a liberdade de adaptar a frase popular), eis que, de um qualquer fórum encarnado parte uma denúncia grave: Hulk teria sido inscrito em situação irregular, em igualdade de circunstâncias com Meyong na época passada, caso que na altura valeu perda de 3 pontos e derrota ao clube do Restelo.


Assim, o jogador está incluído na excepção da lei, que proíbe um jogador de ser inscrito em 3 clubes diferentes na mesma época, uma vez que, isso é possível se a transferência for feita entre clubes que actuam em campeonatos com calendarizações cruzadas.


Enfim... palavras para quê...?

6 comentários:

Sete_Luas disse...

Não vou comentar mais nada relativamente à agressão porque, apesar de portista, sou contra a violência e acho que aquele "lance" depois d analizado a LUPA se conclui ser duma violentississississsisssssima brutalidade... para com A RELVA da fruteira encarnada.
Agora vou é repreender-te pela adaptação da expressão popular, estamos a falar do SLB e do senhor orelhas, aplica-se inteiramente a expressão original UMA DESGRAÇA NUNCA VEM SÓ!

Ai ai, s idiotice pagasse imposto...

Caetano disse...

Vendo e revendo o lance, chego à conclusão que realmente foi perigoso para a integridade física do Nuno Gomes... sobretudo se, naquele momento lhe tivesse caído um piano em cima.

Há que acabar com estas bárbaras e violentas agressões nos campos de Portugal!

Wolverine23 disse...

São uns tristes, estes benfas, julgam que ainda são um clube de futebol...

Abraço

Visconde disse...

Alto e paro o baile...mas que é isto de andar a dizer mal do Recreativo da Luz.
Pensem bem:
- quem nos faz rir todos os dias?
- quem tem nas suas fileiras o Nuno Gomes, o Cabeça de Ovo, o Binya, o Dabao...?
- quem nos dá um gozo enorme ver andar em constante rebuliço?
- quem tem um presidente que foge como o diabo da cruz a cada assembleia do seu clube?
- quem tem o melhor plantel dos últimos 11 anos?

Entre outras coisas...só me resta então dizer:

Obrigado por existires e fazeres dos meus dias umas enorme felicidade grande benfas...lol

dragao vila pouca disse...

Aquele toque faz-me lembrar os meus tempos de puto, quando tentavamos passar umas palhetas uns aos outros.
Isso mais a tentativa da má inscrição do Hulk, significa que dentro das 4 linhas, eles já atiraram a toalha e já só investem fora do campo.
Se adivinhares quem é o Mão de Vaca do meu último post, dou-te um doce.
Um abraço

Caetano disse...

Podemos sempre alegar que foi uma "violação involuntária" da Bolha Actimel do Nuno Gomes! :)

Dragão Vila Pouca, lol, já li o teu comentário. Acho que vou ficar sem o doce! Agora que a coisa vai brava no teu blog, isso vai! Tal vespeiro...!