quarta-feira, dezembro 07, 2011

Afastamento da Liga dos Campeões...

Visão geral da Epoca:

Supertaça Europeia, derrota por 2-0 frente ao Barcelona;

Supertaça Nacional, Vitória por 2-1 frente ao V.Guimarães;

Taça de Portugal, eliminado na 2ª eliminatória, derrota por 3-0 frente à Académica;

Liga dos Campeões, eliminado num grupo onde era cabeça de série e terminou como a equipa mais fraca do grupo:

Vitória FCP-2-Shaktar-1
Derrota Zenit-3-FCP-1
Empate FCP-1-Apoel-1
Derrota Apoel-2-FCP-1
Vitória Shaktar-0-FCP-2
Empate FCP-0-Zenit-0

Saldo: 2 Vitórias, 2 Empates, 2 derrotas; 7 golos marcados, 7 golos sofridos; 8 pontos, 3ºlugar.

O problema foi portanto em casa, onde o FC Porto averbou 1 vitória e 2 empates, muito pouco para passar.

Campeonato Nacional, 1ºlugar em igualdade de pontos com o Benfica.

Parece que este ano vamos ser a "equipa do quase", ou do "ainda temos muito para ganhar"... espero é ganhar mais alguma coisa até ao final da Época...

Sem um bom avançado centro para jogos a sério, pois Kleber está muito verde para estas andanças, repito até á exaustão, o homem é fraco para o FCP depender dele.

Com um Walter sem perder peso e sem arrancar...

Dizem que agora é preciso vender jogadores para comprar um avançado de jeito, se tivesse sido comprado no inicio da época na vez de um dos laterais brasileiros que vieram e que ainda não jogaram, talvez o FCP não tivesse já perdido algumas competições, mas isso sou eu a dizer...

Mas se algum jogador não estiver satisfeito por jogar no FCPORTO, esta é uma boa altura de se reavaliar essas situações e se tirem clubes que paguem o que o FCP pede, devem sair, pois já chega de jogadores contrariados esta Época.

Para mim era dispensar o Walter (para o Brasil) e ir buscar um bom avançado, móvel e de bom toque de bola, e partir para um novo sistema de jogo, 442 losango.

Isto porque considero que Hulk tem de jogar solto na frente, e não preso a uma ala, e também não deve ser o avançado fixo do centro do ataque, pois não tem rotinas, como se vê contra equipas "grandes".

E depois porquê James é melhor a "10" do que a extremo, onde fica ausente do jogo...
E claro, porquê sem um bom matador, não adianta ter bons alas, pois para Walter e Kleber falharem ou se esconderem nas costas dos defesas, não adianta.
E os extremos que sobram, Varela não está em forma, Djalma é limitado para jogos "grandes" e C.Rodriguez deve estar de saida, logo não vai colocar o pé nem dar o máximo.

Com isto colocar a equipa a jogar doutra forma era para mim o ideal, mas dúvido que tal aconteça.

Até porque temos no plantel jogadores para esse sistema, onde com Fernando a pêndulo defensivo, para permitir que os laterais subissem, obviamente com um lateral direito de raiz, Danilo deve vir em Janeiro (finalmente), Fucile ou Sapunaru, e com A.Pereira e Alex Sandro (espero que seja mais utilizado pelo treinador)...

Temos 3 jogadores nº8 no plantel, Moutinho, Guarin e Defour, e ainda Sousa pode jogar ai... E como nº10 temos Bellushi (se ganhar forma) e James (que ficaria com as costas protegidas por 3 médios).


Jogo de ontem: FCPORTO-0 --- Zenit-0

Na globalidade, um bom jogo do FCP, mas sem concretizar, que era fundamental neste jogo, logo não consigo entender quem diz que o FCPORTO foi competente neste jogo, se importava era ganhar, então a competência não se mede pelo resultado final?

Ou seja, para mim não foi competente, e pouco me fascina a "vitória moral" do bom jogo ou de ir para a Liga Europa, pois duvido que este ano se ganhe essa prova.

Porque para isso era preciso que os jogadores se focalizassem a sério em ganhar TODOS os JOGOS em que entram e tenho muitas duvidas que Vitor Pereira consiga passar essa ideia aos jogadores.
E sinceramente estou com receio já no jogo de Aveiro, frente ao Beira-Mar, vamos jogar com uma equipa que sabe defender muito bem e o FCP com este nível de ineficacia ofensiva vai ter muitas dificuldades, espero estar enganado e que Vitor Pereira consiga "moralizar" a equipa para este jogo.

Concordo que o FCPORTO fez um bom jogo até a entrada da area, muita posse de bola, muita circulação com eficácia e com a defesa e globalmente a equipa concentrada em momentos defensivos... mas dentro da area contrária, não existiu discernimento, jogadores a acusar a pressão e sem um matador na equipa, pede-se a Hulk que resolva, com ele num dia não a nivel de finalização e de jogo colectivo, quem temos que desiquilibre???
Moutinho esteve bem em passes de ruptura, James na 2ªparte a criar desiquilibrios de posição mais recuadas, mas nas alas e na frente, nada de novo, com Kleber a ser quase inexistente para este nivel e o outro extremo apenas a cumprir, sem aparecer para definir, ou seja, falta de classe em alguns jogadores para continuarem na Champions.

Perde-se 4 milhões pelo afastamento e porventura mais um milhão por possivel passagem aos 4ºfinal, pois se o FCP ganha-se ontem, passaria para 1º do grupo e com um pouco de sorte podia sair algum clube menos cotado, mas nem isso o FCP soube aproveitar.

Nota Positiva: a forma como os jogadores encararam os ultimos 3 jogos, principalmente de forma profissional, dando tudo, tentando tudo, mas este é um plantel com carências em algumas posições e isso já não depende dos jogadores.

Mas tivessem os jogadores dado tudo em todos os jogos e não tivessem feito birras e estariamos concerteza na fase seguinte, tanto na Champions como na Taça, mas para isso é preciso pulso... para saber liderar um balneário...

Nota muita negativa, para a forma como o FCP não aproveita os lances de bola parada, os livres sairam todos mal, á excepção de um remate de muito longe do Hulk.
Os livres ou cantos laterais são uma miséria, já não me lembro do FCP marcar um golo a partir de um lance destes, não se trabalha nos treinos ou só nos jogos é que não sai nada???
Os jogadores não ganham uma bola aerea na area contrária, assim fica dificil, se não se consegue aproveitar estes lances, perde-se um momento fundamental do jogo para fazer golos...


Nota negativa:Vitor Pereira insiste em Maicon a defesa direito, e foi o que ele foi, defesa direito, não ala direito, o que reduziu os movimentos ofensivos do FCP pela direita, onde não tinhamos ninguêm a fazer o vai-vem, ele jogou mal, não, até fez um jogo bom a defender, mas um defesa direito do FCP não pode ser tão limitado, mas Vitor Pereira é que sabe, nota-se pelos resultados...

Jogadores:
Helton, apenas na parte final foi colocado á prova e teve á altura a jogar como libero da defesa.
Maicon, muito bem a defender, tanto a lateral como a central, mas inexistente a atacar, mas a culpa não é dele.
Rolando, concentrado, e assim a sua subida de rendimento nota-se, bem nos cortes e nos passes.
Otamendi, dos melhores jogos esta Época, concentrado e mesmo com um amarelo, esteve sempre seguro na defesa, saiu perto do fim.
A.Pereira, bem na defesa e bem a apoiar o ataque pela esquerda, mas não vai cruzar á linha como ia o ano passado, talvez por saber que na aéra não está Falcão, e então faz os cruzamentos ainda detrás da linha da grande área e isso limita a eficácia dos cruzamentos, pois fica mais fácil para os defesas anular esses centros.
Fernando, muito bem na sua área de acção, principalmente na recuperação, faltou mais discernimento na hora de circular a bola com passes mais directos para os avançados.
João Moutinho, o melhor do FCP, ganhou muitas bolas e definiu quase sempre bem, com alguns passes de ruptura muito bons, pena é que os remates dele não sejam mais fortes.
Deffour, menos bem neste jogo, apenas jogou a 1ªparte, pois julgo que com a pancada que sofreu perto do intervalo, saiu lesionado, mas não estava nos seus dias a nivel de movimentação ofensiva.
Djalma, lutador qb, tacticamente disciplinado, falta-lhe classe para estes jogos, pois não pode falhar um golo como o que falhou logo aos 7m..
James, escondido na 1ªparte a jogar a extremo, muito melhor a jogar a "10", onde pegou no jogo ofensivo do FCP, falhou um golo na cara do GR, excelente defesa, criou lances pelo meio em tabelas e passes, rematou, mas não acertou nas redes...na parte final estava de rastos e já não conseguia ter discernimento.
Hulk voltou a jogar 45 m entre os avançados, mas sem rotinas para jogar em ataque continuado, enfiado entre os defesas centrais, não conseguiu fugir em velocidade, pois os russos jogaram em bloco baixo e não permitiam esses movimentos e como as tabelinhas não apareciam e ele não conseguia espaço para rematar fora da area...
Na 2ªparte, com a entrada de Kleber, Hulk voltou para extremo direito, mas muito preso ao flanco, sem grandes movimentos de ruptura e como a jogada que mais fazia o ano passado custa a sair este ano por falta de rotinas dos colegas para abrirem espaço para ele ir da direita para o centro para ter vários remates limpos no centro, perde-se em fintas e individualiza muito o jogo, falhou um golo no inicio da 2ªparte que é impeordavel para um jogador como ele, que tem de definir, pois se ele não desiquilibra, não restam muitas opções...
O problema é que entra Kleber, fez toda a 2ªparte, e se não lhe derem uma bola onde só precisa de encostar, ele não consegue criar uma jogada, nem fintar um defesa contrário... é quase jogar com 10, tal a ineficacia de movimentos com a equipa que ele tem, umas tabelinhas pelo meio, mas é muito estático para este modelo de jogo do FCP.
Varela, entrou por Djalma, mas este Varela está sem ritmo, sem fé nele próprio e não desiquilibra.
Bellushi, entrou a 10m do fim por Otamendi, a jogar mais sobre a direita no meio campo, mas não trouxe nada de novo.

Foi também um jogo onde faltou sorte, pois tantos remates, e nem um golo, que neste tipo de jogos faria toda a diferença, mas a sorte também se trabalha, e falhar golos na cara do GR não pode acontecer a este nivel.

Arbitragem teve um erro claro, aos 45m., um jogador do Zenit, nº20 comete uma falta dura para amarelo, seria o segundo e teria de ser expulso, tal não aconteceu e poderia ter feito toda a diferença na 2ªparte.

Adenda, se o FCP tem passado em primeiro, tinha como possiveis adversários:

Napoles, Cska, Basileia, Lyon, Bayer Lerkusson, Marselha, Milão

Cairam para Liga Europa:

Man. City, Trabzonspor, Man. United, Ajax, Valencia, Olympiakos, Plzen

Sinceramente, um lote de equipas muito forte para disputar a Liga Europa este ano...

Força PORTO para os proximos e decisivos jogos no Campeonato, Beira-Mar e Maritimo antes da paragem de Natal, não peço menos, 6 pontos, concentração ao maximo e confiança no grupo e na equipa...

4 comentários:

Esimest Korda disse...

Fernando no Inter, Ricky Álvarez no FC Porto?

dragao vila pouca disse...

Concordo com muita coisa, e discordo de alguma coisa.

Maicon pode não ser o jogador ideal para alguns jogos, mas e dando de barato que Sapunaru e Fucile estão com tudo, isto é, motivados e disponíveis, Maicon frente ao Zenit foi bem visto. Os russos são uma equipa de contra-ataque e se tivessemos dois laterais profundos, corriamos muitos riscos. Com Maicon a lateral e a fechar mais ao meio, permitia que a equipa basculasse à esquerda e Alvaro, o mais profundo dos nossos lateriais, teve uma liberdade que de outra forma não teria. Mais, com Maicon a eficiência nos lances de bola parada, defensiva e ofensiva era melhor.

Abraço

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

caríssimas(os),

devido a « cenas que me assistem », estarei ausente nos próximos (longos?) tempos. portanto e até ao meu regresso:

votos de Boas Festas! e de um próspero Ano Novo de 2012!, para todas(os) vós e para os que vos são mais queridos! :)

e não esquecer que:
somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todos vós! ;)

Miguel | Tomo II

bLuE bOy disse...

A todos os colaboradores e visitantes deste espaço de tertúlia azul-e-branco, envio os meus votos de um FELIZ NATAL.