segunda-feira, fevereiro 28, 2011

Jorge "Balboa" Jesus II - O catedrático ataca de novo

Mais uma vez, o único treinador catedrático do Mundo voltou a mostrar o material de que é feita a sua hombridade, envolvendo-se mais uma vez em confrontos com jogadores e staff adversários no final de um jogo difícil.


Nas imagens televisivas é possível ver Jorge Jesus nervoso (não era o "miúdo" que tinha dificuldade em lidar com a pressão?) a correr para o relvado mal se ouve o apito final e a distribuir empurrões e insultos. O autor da célebre frase "O fair-play é uma treta" já nos habituou a este tipo de comportamentos e desta forma vem cada vez mais dar credibilidade a queixas anteriores de "mimos" dados a adversários na época passada no já célebre túnel da Luz, lugar que se tornou célebre pelas armadilhas aí montadas a jogadores e técnicos das equipas visitantes.

Enquanto ainda aguardamos pelos resultados do processo disciplinar instaurado por ocasião do soco que o "bronco da pastilha elástica" aplicou ao maxilar do jogador nacionalista Luís Alberto a 22 de Janeiro, ou seja, há mais de um mês, o técnico é aqui apanhado em reincindência.


Alto lá! Apanhado mas só se o árbitro assistente, que a partir dos 24 segundos aparece à direita, tiver tido a coragem de registar aquilo que viu porque o árbitro Vasco Santos, que está tão junto a Jesus que deve ter levado com os perdigotos que emanaram da boca temporariamente livre de pastilha elástica, começa por virar a cara para depois virar as costas e afastar-se da confusão. Terá tido medo de ter de anotar alguma coisa no relatório? Tirem as dúvidas:










Ficamos pois à espera do relatório do árbitro. Por este andar, se a equipa de arbitragem tiver por milagre visto algum dos "mimos" do catedrático e conhecendo-se como a justiça desportiva funciona quando não se trata do FC Porto, Jorge Jesus arrisca-se a passar 2 ou 3 jogos na bancada em Junho.

Só para lembrar os mais esquecidos, faz agora cerca de um ano que Hulk continuava, desde Dezembro a cumprir os 15 jogos de castigo a mais que o Garzón português lhe tinha aplicado com pompa e circunstância e com direito a transmissão televisiva e tudo.

4 comentários:

The Blue Factory of Dreams disse...

Meu amigo Caetano, uma vénia por este magnífico post, que mais uma vez põe a nú aquilo que a Liga e o resto do País diz não ver.

Podem haver vídeos, fotos, ser transmitido em directo para o País inteiro.
Eles negam ter visto.

Está implantado um sistema de impunidade total para aquele clube.

Este árbitro tal como o anterior, nada viram, estão lá e aolhar para tudo. Mas nada vêm ou relatam

E ninguém acha estranho nem os castiga. Ninguém questiona. Faz parte.

Pode parecer que estamos em 1960, mas já vamos em 2011, por muito estranho que pareça.


*Caro amigo aceita uma troca de links com o meu blogue?

Convido-o a visitar:

http://thebluefactoryofdreams.blogspot.com/

Deixe lá uma mensagem.

Um grande abraço!!!

dragao vila pouca disse...

Caetano, sabendo-se qual foi a decisão da CD, está mais que visto que ninguém relatou nada. Assim alguém tem de fazer alguma coisa, Vítor Pereira - tinha dito, quando foi da confusão frente ao Nacional, que os árbitros deviam ter relatado que houve bronca -, ou quem o escolheu, o nosso ex-administrador, Fernando Gomes. Ou será que estou a ver mal o problema?

Abraço

Caetano disse...

Camarada Vila Pouca, pelo que li da decisão da CD, o Benfica foi punido por:

- uso indevido de aparelhagem sonora durante o jogo;
- comportamento do público
- um muito vago "inobservância de outros deveres" não contemplados no restante regulamento, rubrica em que também o Marítimo foi sancionado.

Achas que o Vítor Pereira ou o Gomes vão fazer alguma coisa? O primeiro prestou vassalagem ao Benfica devido às reclamações de Guimarães e veio justificar-se em público, lançando um precedente. Voltou a falar mais tarde para não dizer coisa alguma e de então para cá... como já não há queixas de parte concreta, já não se ouve falar.

Quanto ao Gomes, já deve andar com uma distensão no cotovelo de tanto andar de braço dado com o Vieira.

Se o Jesus alguma vez vier a ser castigado vai ser para ver 2 jogos na bancada em Junho. Calha bem porque precisa de pôr a cabeleira a corar ao Sol.

Caetano disse...

Blue Factory,

Só seria de questionar se fosse outro que não o Benfica. Como são os paladinos da justiça desportiva, as virgens mais imaculadas desde que se inventou o conceito de virgem imaculada, vai-se falar para quê? É aborrecido e desagradável estar a dizer mal da Instituição.

Quanto à troca de links, está feito.

Abraço!