terça-feira, junho 21, 2011

É oficial - André Villas-Boas deixa o FC Porto

O Futebol Clube do Porto informou há instantes a CMVM da oficialização da intenção de André Villas-Boas em rescindir o seu contrato de trabalho sem justa causa, declarando ainda que a rescisão será oficial a partir do momento em que for depositada a quantia estipulada na cláusula de rescisão que, como se sabe, é de 15 milhões de euros.

Chega portanto ao fim, praticamente um ano depois, a ligação de André Villas-Boas ao FC Porto, ficando a satisfação por uma época fantástica embora, ao mesmo tempo, a desilusão pela quebra da palavra dada pelo treinador ao Futebol Clube do Porto e aos adeptos. A isto reagirei mais logo mais a frio.

Adeus Villas-Boas. Venha o próximo treinador.


1 comentário:

Dragus Invictus disse...

Boa tarde,

André nós portistas agradecemos o que fizeste pelo FC Porto, mas para quem se dizia portista de coração, uma rescisão por fax, é uma CANALHICE!
Sei que legalmente a comunicação de rescisão tem de ser feita por escrito (fax, carta, email) à tua entidade patronal, mas com os meios que se dispõe actualmente, antes de o teres feito, e estando tu provavelmente em Londres há uns dias, podias ter enviado um comunicado de imprensa aos adeptos explicar a situação.
Que tenhas objectivos legítimos de ganhar mais dinheiro, não critico, agora faltas de respeito pelo clube e adeptos é que não. Até tu desrespeitas o teu valor ao escolher o Chelsea para teu futuro clube. Trata-se de um clube vulgar, e merecias um ao nível do FC Porto que dizes amar.
És o que és hoje porque o FC Porto apostou em ti, se tivesses ido para o Sporting terias um futuro dantesco.
A SAD fez um enorme esforço financeiro para segurar uma equipa que tu desejavas, para lutar por mais altos objectivos.
Termino pegando nas palavras do nosso presidente "Se ele não tivesse a mesma paixão que eu tenho pelo FC Porto, estou convencido que era capaz de sair." , concluo portanto: André tu até podes ser portista ... mas és um daqueles muito fraquinhos que nos envergonham.
Tu vais, mas o clube fica para nós adeptos de coração.
E nós confiamos no nosso presidente, que encontrará um treinador à altura para os desafios que se avizinham.

Pinto da Costa "Só confio no meu cão e no Reinaldo Teles"

Pedroto "Fiéis mesmo, só os cães!"

Para terminar.
A UEFA tem de regulamentar no sentido de impedir que estes magnatas comprem clubes de futebol, quer para capricho pessoal, projecção mediática, lavagem de dinheiro, ou qualquer motivo que seja.
Se os clubes estatutariamente não impedem que os seus presidentes, para o serem tenham de ter determinado número de anos de sócio de clube, resta a UEFA para regular esta situação.
Quem quer brincar aos clubes e contratações que jogue Football Manager.
Estes magnatas têm vindo a estragar o desporto rei, inflacionado ordenados, valores de passes, e colocando muitos clubes de um momento para o outro em situações desportivas difíceis ao privá-los dos seus activos.


Abraço

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.com